A Xiaomi revelou um smartphone dedicado ao gaming

por Echo Boomer

A pouco e pouco os smartphones começam a dedicar-se aos videojogos, quer por parte das produtoras, que começam a criar novas experiências para os dispositivos móveis, quer pelas marcas, como a Razer, que começam a construir máquinas dedicadas ao alto desempenho.

Agora é a vez da Xiaomi, com o seu Black Shark, que é o primeiro da marca desenhado para jogos.

Este novo dispositivo fará parte da linha Mi, apesar de apresentar um aspeto dramaticamente diferente dos seus irmãos.

Por fora teremos linhas arrojadas e tons acinzentados escuros, com acabamentos em verde brilhante, e, por dentro, características de abrir os olhos.

Neste dispositivo podemos encontrar um processador Snapdragon 845, opções de 6 e 8GB de memória RAM, 64GB de memória interna, ecrã Full HD de formato 21:9 (mais achatado que o novo padrão 18:9) e uma bateria de 4000mAh.

Sabe-se ainda que este equipamento terá arrefecimento líquido para o manter com uma temperatura equilibrada mesmo em alto desempenho, sendo algo que já encontramos em alguns smartphones, mas nunca neste segmento. Este arrefecimento promete uma descida de oito graus Celsius.

O Black Shark vai ter características modulares, como por exemplo a possibilidade de anexar um analógico na sua base para ajudar em jogos onde a precisão é essencial, tais como as versões mobile de PUBG ou Fortnite e outros tantos clones do género que são populares na China, o país de origem da Xiaomi.

Para já não há data nem preço confirmado para os mercados ocidentais, sabendo que será lançado na China por um preço que começa, sensivelmente, nos 556 dólares, cerca de 450 euros. Claro que, quando tivermos oportunidade de o adquirir nas lojas online do costume, o preço deverá ser bem menos convidativo.


Também pode interessar

Deixar uma resposta

O Echo Boomer utiliza cookies para dar a melhor experiência possível aos nossos leitores. Aceitar Ler mais

%d bloggers like this: