Os carros de Rally mais icónicos têm direito a um trailer em WRC 8

É já amanha que WRC 8 acelera no PC e consolas, mas antes de calçarmos as luvas e colocarmos o capacete, a equipa da Bigben Games revela-nos os carros icónicos que vamos poder conduzir no jogo.

É em forma de trailer que podemos conhecer a seleção de carros mais marcantes na história do Mundial de Rally.

Ao todo são nove carros, divididos em duas classes, Lendários e Icónicos. De um lado temos os vencedores de campeonatos, numa lista composta pelo Alpine A110, Lancia Stratos, Ford Escort MkII RS1800, Lancia 037, Lancia Delta HF Integrale Evolution e o VW Polo R WRC.

Do outro lado temos o Lancia Fulvia HF, o Porsche GT 3 RS RGT e o Proton Iriz R5.

E1DYfRw

Os carros estão disponíveis dentro do jogo e podem ser usados em todos os modos disponíveis.

WRC 8 quer ser o jogo de Rally mais autêntico de sempre e, para isso, conta com um novo sistema de física, novos tipos de terreno e condições atmosferas dinâmicas que podem alterar durante as provas.

WRC 8 chega ao PC, PlayStation 4 e Xbox One dia 5 de setembro e à Nintendo Switch em novembro.

- Publicidade -

Sigam-nos

10,558FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
610SeguidoresSeguir

Relacionados

Drown revela novos auscultadores preparados para a próxima geração de jogos

As novas Xbox e a PlayStation vão apostar fortemente no áudio, mas já podemos ter um gostinho do que está para vir.

Análise – Streets of Rage 4

Um regresso ao passado que irá deliciar os fãs do género e da série clássica da SEGA.

Predator: Hunting Grounds recebe Arnold Schwarzenegger e fica automaticamente melhor

O ator volta a interpretar Dutch, no novo jogo para PC e PlayStation 4

Os eventos do Summer Game Fest a não perder

A agenda do Summer Game Fest inclui eventos e transmissões de maio a agosto.
- Publicidade -

Mais Recentes

ZenZoe. Chegou a Portugal o robô que desinfeta áreas e objetos propícios à transmissão de COVID-19

O ZenZoe foi desenvolvido pela ASTI Mobile Robotics, empresa de tecnologia e robótica sediada em Espanha,...

Crítica – The King Of Staten Island

The King Of Staten Island emprega uma fórmula muito conhecida (e demasiado utilizada) que se estende em demasia, mas Judd Apatow equilibra-a com um sentido de humor negro com a ajuda dos seus co-argumentistas.