Viajar de Uber vai ficar mais barato

Novo ano, novos preços. Quantas e quantas vezes já ouvimos esta expressão, mas que, na maioria dos casos, significa menos euros? Muitas dirão os nossos leitores. Mas não é o que acontece a quem for viajar de Uber, que, a partir de amanhã, dia 3 de janeiro, baixa os preços das viagens.

- Publicidade -

Num email enviado aos motoristas, pode ler-se o seguinte:

“Dia 3 de Janeiro os preços serão reduzidos com o objetivo de chegar a mais utilizadores e assim aumentar a sua rentabilidade. Com esta atuaçização de preços, acreditamos que o número de pedidos de viagem para um período de tempo equivalente irá aumentar, reduzindo o tempo de espera entre viagens e compensando qualquer redução no rendimento por viagem.

Desta forma acreditamos que poderá rentabilizar ainda mais o tempo em que está ligado à aplicação. Sabemos que a única forma de continuarmos a contar com a sua preferência é com resultados e não com palavras. Por isso, para que se possa experimentar os novos preços sem comprometer os seus rendimentos, teremos em vigor uma campanha de incentivos personalizada para si.”

A Uber também garante determinado montante mínimo por semana, não sendo inferior às semanas em que os motoristas trabalharam entre 18 de novembro e 15 de dezembro. Para que sejam elegíveis, os motoristas terão de cumprir certos requisitos, como estar online durante várias, completar várias viagens, bem como ter uma taxa de cancelamento baixa e uma taxa de aceitação alta.

Nesse email, é referido que as condições são personalizadas para cada motorista, tendo por base o tempo online e viagens com a aplicação da Uber durante o período de 18 de novembro a 15 de dezembro. No mesmo email, a Uber garante ainda futuros bónus para os motoristas.

Ok… mas e os preços para os clientes que vão viajar de Uber?

É aqui que as coisas ficam interessantes. De momento, a Uber, na opção UberX, cobra 1€ de tarifa base, com a tarifa mínima a ficar-se nos 2,50€. Cada minuto tem um custo de 0,10€ e, por quilómetro, acresce 0,65€.

Com os novos preços, a tarifa base desce para os 0,90€, o preço por minuto desce para os 0,09€, bem como o preço por quilómetro, que se fixa nos 0,59€.

Isto no UberX, atenção. Para as outras modalidades sabe-se que o preço também sofreu alterações, que podem consultar aqui.

Embora com estas descidas de preço, viajar de Uber continua a ser mais cara relativamente à concorrência. A Kapten, por exemplo, cobra 0,80€ de tarifa base, 0,52€ por quilómetro e 0,08€ cêntimos por minuto. Já a Bolt tem 0,90€ de tarifa base, sendo o custo por quilómetro e por minuto igual à Uber em 2020.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Uber aposta num novo serviço de viagens low cost no Porto

As viagens a preço reduzido estarão disponíveis na aplicação fora do horário de pico na área metropolitana do Porto.

Uber junta-se à Unilabs para testes de rastreio à COVID-19 no domicílio

Essencialmente, um motorista Uber irá levar um técnico de colheitas devidamente habilitado da Unilabs ao domicílio de um cliente que tenha requisitado o serviço, com equipamento de proteção individual para a recolha da amostra.

Uber oferece 20 mil viagens para apoiar a vacinação das forças de segurança

Esta oferta é financiada pela Uber, garantindo que qualquer viagem seja feita com motoristas parceiros.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Fórmula 1 – Grande Prémio da Hungria fica para a história graças a um Alpine e a um Mercedes

O Grande Prémio da Hungria fica marcado por uma primeira volta cujos acontecimentos, proporcionados em grande parte pelo Mercedes nº 77, conseguiram meter 5 pilotos de fora, mas também pela vitória de Esteban Ocon e ainda por termos não um, mas dois carros da Williams nos pontos.

Preparem a carteira: Combustíveis voltam a aumentar de preço já amanhã

Começa a ser um mau hábito, mas os portugueses não conseguem fugir desta realidade.