IATA avisa: “Distância social a bordo pode acabar com voos low cost”

Diz a IATA que o tráfego aéreo doméstico caiu 70% desde o início deste ano.

low cost

Estão habituados a viajar estupidamente barato para vários pontos do mundo? Pois bem, essa é uma realidade que pode acabar em breve graças à pandemia de COVID-19.

Quem o diz é Alexandre de Juniac, presidente da Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA). Em declarações ao The Guardian, o responsável referiu que, se pelo menos um terço dos lugares dos aviões ficarem vazios devido ao distanciamento físico, então isso fará com que os preços dos bilhetes aumentem em pelo menos 50%.

“Isto significa que, se o distanciamento social for imposto, as viagens baratas acabarão”, referiu de Juniac àquele jornal.

Por outras palavras, se isto se concretizar, podem muito bem dizer adeus, pelo menos durante um ano, aos voos low cost.

Dados da IATA referem que o tráfego aéreo doméstico caiu 70% desde o início deste ano assim que o novo coronavírus começou a espalhar-se cada vez mais.

Espera-se que as rotas domésticas sejam abertas mais cedo do que as de longo curso, mas será sempre muito complicado voltar a registar picos de procura como acontecia na era pré-covid.

Sigam-nos

10,850FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
632SeguidoresSeguir

Relacionados

Uber Green chega a zonas de norte a sul do país

Esta opção oferece aos passageiros viagens 100% elétricas, serviço que apresenta o mesmo preço de um UberX.

Nova campanha da CP promete descontos de até 80%

É possível ir de Lisboa ao Porto por apenas 5€.

Toratora. Há uma nova plataforma de reserva de viagens surpresa em Portugal

A Toratora já estava a funcionar no nosso país desde o ano passado, mas só desde o passado mês de abril começou a promover a sua presença nas redes sociais.

Voos de e para fora da União Europeia proibidos até final de junho

É o que diz um despacho publicado em Diário da República.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes