Vagos Metal Fest reconfirma os cabeças de cartaz para a edição de 2022

O Vagos Metal Fest vai regressar nos dias 28, 29 e 30 de julho de 2022.

- Publicidade -

Depois de, no passado mês de junho, a Amazing Events ter comunicado o adiamento do Vagos Metal Fest para 2022, os festivaleiros ficaram ansiosos relativamente a novidades sobre o cartaz. Pois bem, chegaram os primeiros nomes.

Os Dimmu Borgir, Testament, Emperor, Trollfest, Exodus e My Dying Bride, que estavam confirmados para a edição de 2021, voltam a mostrar a sua disponibilidade para atuar em 2022, estando assim reconfirmados para o evento. Mais nomes serão divulgados em breve.

Mas isto não é tudo. “Vem aí muito mais, por isso fiquem atentos, pois para além das grandes bandas, vamos também melhorar as condições para todos os festivaleiros porque sabemos que nem só de música se faz o Vagos Metal Fest. Podem contar com mais atividades e melhores condições no nosso recinto, para fazer do Vagos Metal Fest uma experiência cada vez mais única”, diz a promotora na sua página de Facebook.

Relativamente aos bilhetes, já estão à venda. O bilhete diário custa 42,95€, ao passo que o passe de três dias pode ser adquirido por 85,90€.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Vagos Metal Fest adiado para 2022

O cartaz será anunciado em breve.

Sick of it All, D.R.I. e Tarantula completam cartaz do Vagos Metal Fest 2021

E atenção que, até final do ano, está disponível o Vagos Fan Pack.

Exodus, My Dying Bride e Cattle Decapitation confirmados no Vagos Metal Fest 2021

Ao todo, a organização anunciou mais sete bandas para o festival.

Dimmu Borgir no Vagos Metal Fest 2021

E há também reconfirmações.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Concertos de Emma Ruth Rundle em Portugal foram adiados

Dito isto, guardem os vossos bilhetes.

Há novos jogos e aventuras à espera no Xbox Game Pass

Hitman a triplicar e Rainbow Six a dobrar na segunda vaga de jogos do mês.

Sonae Campus transforma-se num laboratório dedicado à sustentabilidade e eficiência de edifícios e comunidades

Projeto PROBONO envolve 47 parceiros de 15 países e pretende fomentar espaços sustentáveis de referência para o futuro, sendo um localizado em Portugal.