Universidade de Aveiro vai ter plataforma digital de registo de amostras e de envio dos resultados da testagem

Com isto, será possível realizar milhares de testes por dia.

resultados da testagem
- Publicidade -

Saliva, testes e plataforma digital. Juntando tudo isso será possível realizar milhares de testes por dia. É o que diz a Universidade de Aveiro (UA), que acaba dar luz verde ao desenvolvimento de uma plataforma digital de registo de amostras e de envio dos resultados da testagem.

Dessa forma, a UA vai contribuir decisivamente para o programa nacional de massificação dos testes da covid-19.

A validação dos novos métodos será feita brevemente através da testagem de toda a academia de Aveiro (mais de 15000 testes num único dia) seguida de testagem contínua por amostragem com testes de saliva RT-PCR de alta sensibilidade. A plataforma digital para facilitar a massificação da testagem, registo de amostras e envio dos resultados, esta está a ser desenvolvida através de uma parceria com a empresa BMD software, instalada no Parque de Ciência e Inovação (PCI-Aveiro).

Entre as instituições referidas estão os Centros Hospitalares do Baixo Vouga, de Entre o Douro e Vouga, os ACES e as creches e lares da região de Aveiro e de Viseu-Dão Lafões, em articulação com a Cruz Vermelha Portuguesa, e com o Instituto de Segurança Social, do Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social. A capacidade de testagem do iBiMED aumentou de 70 a 90 testes por dia no início de abril de 2020 para 400 testes por dia atualmente.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Continente passa a vender testes rápidos de diagnóstico à COVID-19

Cada teste custa 2,79€ e indica o resultado em apenas 15 minutos.

Testes rápidos de antigénio passam a ser comparticipados a 100%

Esta nova medida entra amanhã, 1 de julho, em vigor, pelo prazo de um mês, eventualmente renovável.

Câmara Municipal de Torres Novas apoia negócios da cidade com um total de 30 mil euros

Uma medida que passa pela aquisição de cartões de compra por parte dos munícipes, com a câmara a ressarcir futuramente os estabelecimentos.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

LENNA. Nova marca aposta em sapatos vegan, sustentáveis e feitos em Portugal

Na verdade, trata-se de uma fusão entre alpercatas e ténis. E é bem provável que tenhamos aqui a sensação do verão.