UFL, GOALS e Football Player. Três títulos que prometem fazer frente a FIFA e eFootball

O mercado bem precisa de novos jogos de futebol.

- Publicidade -

Desde há muito tempo que a guerra no que aos jogos de futebol diz respeito ficou resumida a dois players no mercado: PES (agora eFootball) e FIFA. Em tempos, chegámos a ter o título This is Football, desenvolvido pela London Studio, cujo lançamento era assegurado pela Sony Interactive Entertainment (quem não se lembra de ver o ex-jogador e agora treinador Tiago Mendes na capa de This is Football 2005?), mas o jogo não resistiu ao passar dos anos.

Isto tudo para dizer que o mercado bem precisa de novos jogos de futebol, com outras abordagens e funcionalidades, de modo a quebrar a monotonia. Recentemente, foram apresentados três novos jogos que prometem fazer frente a FIFA e eFootball: UFL, GOALS e Football Player.

UFL

Este é o que tem dado mais que falar, até porque é o título sobre o qual temos mais informações até à data.

UFL foi anunciado durante a Gamescom 2021, mas não é um título que só agora começou a ser trabalhado. Na verdade, apesar de o público somente ter ficado a ter conhecimento deste jogo recentemente, a verdade é que a Strikerz Inc., um novo estúdio que possui vários escritórios um pouco por toda a Europa, tem vindo a desenvolver UFL ao longo dos últimos cinco anos.

Em entrevista ao IGN, Eugene Nashilov, CEO da Strikerz Inc., referiu que Strikerz Inc. “é um jogo totalmente novo” que nasceu da “frustração dos produtores de jogos com o rumo que a EA e a Konami tomaram nos seus jogos de futebol nos últimos anos”.

O online será o foco de UFL, pelo que será necessário possuir uma infraestrutura em condições de modo a que jogo funcione sem problemas de maior. Em todo o caso, o título terá também um modo offline, pelo que poderão jogar não só contra o CPU, mas também contra amigos.

UFL está a ser desenvolvido com recurso ao Unreal Engine e terá mais de 5.000 jogadores licenciados. A Strikerz Inc. aposta num modelo de fair-to-play, isto é, o jogo será grátis para jogar e irá receber novas atualizações com novas funcionalidades de forma regular, mas sem que os jogadores tenham de pagar mais por isso para aceder a essas novidades. “Nunca os iremos obrigar a comprar nada no UFL para alcançar ranks altos e permanecerem competitivos”, disse Nashilov.

Dito isto, ainda não existem detalhes sobre como é que UFL se tornará rentável, mas diz-se que o conteúdo pago do jogo será, neste caso, para cosméticos.

UFL deverá ser lançado algures em 2022.

GOALS

GOALS

Os detalhes de GOALS são escassos. Sabemos que a ideia partiu de Andreas Thorstensson, ex-jogador profissional de Counter-Strike e co-fundador da organização SK Gaming e da agência de gaming Loaded, e que será um jogo com foco na competição. GOALS será um título triple-A, free to play e com funcionalidades cross-play.

A grande diferença de GOALS em relação aos outros títulos estará na tecnologia. Sabe-se, por exemplo, que os NFT, que são tokens não fungíveis, isto é, tipos de tokens criptográficos numa blockchain que representam ativos exclusivos, serão uma parte importante deste novo jogo.

À semelhança de UFL, o foco de GOALS será o online, pelo que esperem contar com partidas onde o lag e latência são inexistentes. Curiosamente, Thorstensson cita Valorant como uma inspiração.

GOALS é financiado por alguns grupos de investidores e encontra-se ainda a contratar pessoal, pelo que deverá levar muito tempo até que tenhamos as primeiras imagens de gameplay. Ainda não tem data de lançamento.

Football Player

Football Player

E se sobre o título anterior pouco havia a dizer, sobre Football Player é que não há praticamente detalhes. O jogo foi anunciado para um lançamento algures em 2023, estando numa fase muito, muito embrionária de desenvolvimento, portanto não esperem saber mais coisas durante algum tempo.

Tal como em Goals, a equipa de desenvolvimento está à procura de talentos que ajudem a desenvolver o jogo.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Eagles of Death Metal tocam em Lisboa no próximo ano

O próximo ano já está bem recheado de bons espetáculos.

White Lies regressam a Portugal em 2022

Para dois concertos: um em Lisboa e outro no Porto.