Uber Eats suspende serviço em Águeda, Vila Real de Santo António e Guia

É a primeira vez que a plataforma faz algo do género, ainda que seja uma medida com caráter temporário.

Figueira da Foz
- Publicidade -

Lembram-se quando, no passado mês de janeiro, a Uber Eats avisou que o novo confinamento ia fazer com que o serviço ficasse “menos acessível para os consumidores”? Pois bem, temos agora as primeiras consequências disso mesmo.

Numa nota enviada aos parceiros, a Uber Eats refere que o serviço vai deixar de operar em Águeda, na Guia e em Vila Real de Santo António.

“No passado dia 15 de janeiro, o Governo decretou limitações ao nosso modelo de negócio, que têm vindo a ser estendidas e que têm impactos diretos na nossa operação e sustentabilidade”, começa por dizer a empresa. “Esta decisão limita a nossa capacidade de cobrir os nossos custos operacionais, nomeadamente os custos de entrega, pelo que tivemos que rever temporariamente as áreas onde estamos a operar. Infelizmente, isto significa que iremos suspender temporariamente o nosso serviço”, conclui a companhia, referindo-se a Águeda (Aveiro), Vila Real de Santo António (Algarve) e Guia (Albufeira).

Sabendo disto, o jornal ECO confrontou a Uber Eats com esta informação, a qual confirmou o que foi transmitido aos parceiros. “As restrições impostas no último mês às plataformas de entrega ao domicílio obrigaram-nos a reduzir a cobertura do nosso serviço. A partir do dia 18 de fevereiro, o Uber Eats vai deixar de operar em Águeda, na Guia e em Vila Real de Santo António”, disse fonte oficial da empresa ao ECO.

A 12 de janeiro, no decreto-lei que aprovava o Estado de Emergência, ficou regulamentado que as comissões das plataformas de delivery estariam limitadas em 20%, estando impedidas de aumentar os valores ou taxas de entregas. No caso da Uber, a empresa cobrava uma comissão aos parceiros que podia chegar aos 30% do valor da encomenda, aplicando, por cima, uma taxa do valor da encomenda, cobrada ao cliente e que constitui o preço da entrega da refeição.

Apesar de a medida ser temporária, é a primeira vez que a Uber Eats anuncia algo do género. Resta saber se esta suspensão do serviço irá estender-se a outras localidades.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Uber Eats já recolhe refeições de mais de 40 lojas Continente nas zonas da grande Lisboa e grande Porto

Até 20 de julho, está em vigor uma promoção especial de 2x1 em todas as refeições quentes.

Uber Eats chega a Azeitão, Sesimbra, Peniche, Sines e Aveleda

Atualmente, o Uber Eats cobre mais de 70% da população portuguesa, estando disponível em mais de 80 cidades nacionais.

Uber Eats aumenta taxa de entrega ao domicílio

No fim de tudo, é cada vez mais caro utilizar a aplicação.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Revista TIME elege Coimbra como um dos 100 locais do mundo a visitar em 2021

A cidade candidata a Capital Europeia da Cultura em 2027 é uma das duas cidades portuguesas que figuram nesta lista.

Dragon Ball Super: Super Hero é o nome do novo filme

Foi revelado o teaser que anuncia esse mesmo nome, bem como um primeiro olhar ao design de algumas personagens.

Festival O Sol da Caparica passa para 2022

A organização promete "uma edição incrível e inesquecível com muita música lusófona".