Sim, também é possível “salvar” vinhos na Too Good To Go

Depois da comida, a popular app dinamarquesa vai dando os primeiros passos ao evitar o desperdício de bebidas.

Too Good To Go vinhos
- Publicidade -

Quando chegou a Portugal, em outubro de 2019, a Too Good To Go começou logo por criar sensação. Na altura, eram escassas as soluções que permitissem ao consumidor evitar o desperdício de refeições, com o bónus de adquirirem alimentos em bom estado de consumo.

Era, e é, um dois em um: não só se evita o desperdício alimentar, que é um flagelo na sociedade atual, como é possível ter belíssimas refeições a um preço muito inferior ao praticado atualmente. Isto acontece porque, sendo excedentes (as chamadas sobras), o preço diminui drasticamente. Assim, ao invés de ir para o lixo, adquire-se essa comida que está em bom estado de consumo. E claro, fora da app, existem várias iniciativas que permitem agarrar nestes excedentes e doar a instituições, ajudando os mais necessitados.

Mas a app foi evoluindo e disponibilizando cada vez mais opções aos utilizadores. Depois das bolos e das refeições, a app começou a salvar snacks, chocolates, cabazes de frutas, cabazes de legumes, azeites, cervejas (artesanais ou não) e, imagine-se, vinhos. Sim, descobrimos essa novidade recentemente.

Como estamos estabelecidos em Setúbal, calhou verificarmos a app esta semana, e qual não foi o nosso espanto quando reparámos que estavam disponíveis packs de vinhos da Domingos Damasceno de Carvalho.

Ficámos intrigados. Afinal de contas, não é nada habitual surgir a oportunidade de salvar um pack de três garrafas de vinho por apenas 3,99€ (ao invés de 12€), ficando ao absurdo preço de 1,33€ por garrafa. E lá reservámos.

Ao fazer a recolha, o Echo Boomer questionou os responsáveis sobre o porquê de disponibilizarem estes packs na Too Good To Go, até porque os vinhos não são produtos com um prazo de validade convencional. “Fazemo-lo para dar a conhecer a marca”, disseram, esclarecendo ainda que, caso não o fizessem, “estas garrafas seriam para consumo interno ou venda em lotes para o estrangeiro”. Por vezes, a Domingos Damasceno de Carvalho vai recebendo encomendas em grande quantidade, tendo já chegado a enviar dezenas e dezenas de garrafas de uma só vez para França.

Portanto, este acaba por ser um caso em que a venda de vinhos não se deve especificamente a um prazo de validade, mas sim para dar a conhecer a marca, o que é perfeitamente legítimo. Correndo bem, os utilizadores passam a palavra e acabam por adquirir garrafas sem ser através da Too Good To Go.

Aliás, se estão familiarizados com o conceito da Too Good To Go, saberão que não é possível escolher o que vamos recolher. Foi o que aconteceu aqui, com a Domingos Damasceno de Carvalho a dar a todos os utilizadores packs de três garrafas do Damasceno Nocturno 2018 – Vinho Rosé. Lá está, uma jogada inteligente: dá a conhecer este vinho para que, eventualmente, os utilizadores possam comprar os outros vinhos da marca.

Relativamente ao vinho propriamente dito, é fácil de se gostar. Apresenta uma cor rosa intensa e aromas frutados e florais que nos remetem para o cheiro da vinha durante a noite. Feito a partir de uvas de colheita noturna, tem um bom volume na boca e é excelente como aperitivo e para acompanhar patés, peixe cozido no forno e carne branca.

Atenção: apesar deste pack de vinhos estar disponível em Palmela na Too Good To Go, tal não significa que encontrem “vinhos para salvar” noutros pontos do país. Pode acontecer, mas não é um dado adquirido. Acima de tudo, terão de ir verificando a app e ir descobrindo as novidades

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Ferbar adere à iniciativa da Too Good To Go para ensinar a ler corretamente os prazos de validade

53% dos consumidores não sabe interpretar prazos de validade - e isso causa desperdício de alimentos.

Martin Boutique Wines abre loja em Faro

Em breve, o espaço terá esplanada e serviço de wine bar.

Too Good To Go já salva cervejas da Heineken, Sagres e outras marcas

Tudo marcas da Sociedade Central de Cervejas.

Sete vinhos do Intermarché premiados em concurso internacional

Todos da Seleção de Enófilos, marca exclusiva do Intermarché.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Sesimbra já tem uma cabine de leitura

Em Portugal, existem hoje em dia mais de 40 cabines espalhadas de norte a sul e ilhas.

Passatempo The Ice Road: Missão de Risco – Temos 10 convites duplos para as antestreias (Lisboa e Rio Tinto)

The Ice Road: Missão de Risco chega aos cinemas nacionais a 1 de julho.

Análise – HyperX Pulsefire Dart Wireless

O rato que quase não precisa mesmo de fios.