Too Good To Go cria projeto temporário e deixa-nos comprar uma refeição normal para take-away

Bem sabemos que este não é o foco da Too Good To Go, mas dias fora do normal requerem medidas extraordinárias. E foi precisamente isso que os responsáveis da app dinamarquesa fizeram.

- Publicidade -

Assim, e uma vez que muitos dos estabelecimentos parceiros estão a enfrentar grandes dificuldades nos dias que correm, há agora na famosa aplicação um projeto temporário para apoiar os respetivos parceiros e o comércio local. Basicamente, e de forma excecional, a Too Good To Go deixa que os utilizadores comprem uma refeição normal para take-away diretamente na aplicação.

take-away

Estas refeições são chamadas de WeCare e têm como base o menu original do estabelecimento, não sendo excedente/desperdício, logo a quantidade de comida que vos será dada na Magic Box será a mesma como se comessem dentro de cada restaurante/café.

Esta iniciativa da Too Good To Go não tem fins lucrativos, até porque o objetivo é ajudar negócios locais. Para ajudar, basta então que, na app, pesquisem por WeCare, aparecendo logo os estabelecimentos aderentes. Depois basta escolher a refeição, fazer o pedido e levantar. Pelo que percebemos, esta opção parece somente estar disponível em Lisboa e Porto.

A Too Good To Go diz ainda que teremos uma janela de tempo limitada para o cancelamento do pedido, a fim de se evitar qualquer espera ou risco desnecessário. E aquando do levantamento da refeição, somos a fazer o “swipe” do recibo.

Como referimos, ao não levantarmos excedentes, os utilizadores estarão a pagar muito mais do que o habitual na conhecida aplicação. O “problema” desta solução da Too Good To Go, mesmo que queira ajudar o comércio local, acaba por ser a concorrência.

É que serviços como a Uber Eats não só apresentam uma ampla oferta de estabelecimentos, como por estes dias estão a oferecer vários tipos de descontos, alguns bem apetecíveis. E mesmo que, a nós, uma refeição fique muito em conta (algo valioso durante estes dias em que muitos podem nem ter ordenado para os próximos tempos), o restaurante/café recebe sempre o valor original do pedido.

Além disso, a concorrência tem outra vantagem que este projeto temporário da Too Good To Go, e que recorre ao take-away, não tem: entrega ao domicílio. E nós bem sabemos que não convém sair de casa durante estes dias…

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Sim, também é possível “salvar” vinhos na Too Good To Go

Depois da comida, a popular app dinamarquesa vai dando os primeiros passos ao evitar o desperdício de bebidas.

Ferbar adere à iniciativa da Too Good To Go para ensinar a ler corretamente os prazos de validade

53% dos consumidores não sabe interpretar prazos de validade - e isso causa desperdício de alimentos.

Too Good To Go já salva cervejas da Heineken, Sagres e outras marcas

Tudo marcas da Sociedade Central de Cervejas.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Vila Galé quer abrir hotéis nos Açores e em Tomar em 2022

Além disso, há planos para uma nova unidade hoteleira para crianças no Alentejo.

Teatro São João reabre a 22 de outubro

A operação Reabilitação do Teatro São João e Programa Comemorativo do seu Centenário envolveu um valor global de 2,55 milhões de euros e que beneficiou de um investimento de 2 milhões de euros do programa operacional regional NORTE 2020.

Disney adia os novos filmes de Dr. Strange, Thor, Black Panther e mais

As estreias dos futuros filmes da Marvel para 2022 foram quase todas alteradas.