Este ano, todas as estreias da Warner Bros. vão estrear em formato digital

Alguns dos maiores blockbusters de 2021 chegam ao cinema e ao HBO Max.

Matrix 4
- Publicidade -

Ainda não sabemos concretamente quando a HBO Portugal se converterá a HBO Max, ou como será o seu verdadeiro catálogo, mas, em território norte-americano, a Warner Bros. vai fazer história.

Após alguns maus entendimentos entre a HBO, a Warner Bros. e os seus estúdios, as duas gigantes revelaram agora que todos os filmes do catálogo da Warner Bros., destinado aos cinemas para 2021, terão estreia imediata, por tempo limitado, no recente serviço HBO Max, tal como aconteceu com Wonder Woman 1984. Isto faz com que alguns filmes que estiveram em produção nos últimos dois anos fiquem acessíveis e sem grandes razões para adiamentos.

Num trailer de anúncio, ficámos a conhecer o catálogo completo que é absolutamente surpreendente, tendo em conta os valores de produção destes filmes e a sua antecipação. São eles:

  • The Little Things
  • Judas and the Black Messiah
  • Tom and Jerry: The Movie
  • Godzilla Vs. Kong
  • Mortal Kombat
  • Those Who Wish Me Dead
  • The Conjuring: The Devil Made me do It
  • In the Heights
  • The Suicide Squad
  • Reminiscence
  • Cry Macho
  • Space Jam: A New Legacy
  • Malignant
  • The Many Saints of Newark
  • Dune
  • Matrix 4

Para já estas estreias em formato digital estão limitadas ao território norte-americano. Até uma palavra oficial da HBO sobre a chegada do novo serviço e da gestão dos seus catálogos, os filmes terão a sua estreia apenas limitada nos cinemas.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Sigam-nos

12,931FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
656SeguidoresSeguir

Relacionados

Crítica – One Night In Miami

One Night in Miami conta com um dos melhores elencos de 2020. Uma obra magnífica de filmmaking e storytelling.

Crítica – The Father

The Father oferece uma experiência brutalmente devastadora e emocionalmente poderosa sobre a demência que não deixará ninguém indiferente.

Crítica – The United States vs. Billie Holiday

The United States vs. Billie Holiday podia ter sido uma história inspiradora, mas só não é um desastre gigante devido à estreia impressionante de Andra Day enquanto atriz.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

EatTasty acaba de ficar disponível no Porto

Disponível tanto ao almoço como ao jantar.

O FPS retro nacional Exophobia está a caminho do PC e das consolas

Há mais uma produção portuguesa a não perder.