Time Out Market tem dois novos espaços

Um deles é para quem procura pequenos-almoços. O outro vem reforçar a oferta de doces e sobremesas. São dois os novos espaços que chegam agora ao Time Out Market, anteriormente conhecido somente como Mercado da Ribeira.

Comecemos pela Tartine, que vem responder a uma necessidade que existia no Time Out Market ao nível da oferta de pequenos-almoços e refeições ligeiras. Com a loja original situada no Chiado, a Tartine vem trazer vários dos best-sellers da loja do Chiado como os ovos Benedict, Royal ou Florentine, as Tartines, as saladas, as panquecas e, claro, o pão. Aliás, a Tartine foi um os espaços pioneiros na cidade a fazer pão com massa-mãe e fermentações lentas.

Claro, nem só de produtos conhecidos se faz a Tartine. Para o mercado vão trazer novos produtos, nomeadamente sanduíches cujas receitas têm andando a aperfeiçoar há vários meses.

O outro espaço é o Pudim do Abade, uma criação do cozinheiro autodidata Miguel Oliveira, que passou meses a aperfeiçoar e a atualizar os sabores da receita original do Pudim Abade de Priscos criada pelo padre Manuel Rebelo.



Neste espaço, o pudim está disponível inteiro, à fatia ou em dose mini. Já a partir de agosto vão ter as famosas bolas de Berlim de massa fofa, tipo brioche, recheadas com “Pudim do Abade”.

Estes dois espaços vêm reforçar a oferta Time Out Market, que conta atualmente com 26 restaurantes, seis quiosques, oito bares, cinco lojas, uma escola de cozinha (Academia Time Out), uma sala de eventos (Estúdio Time Out), um espaço de cowork (Second Home), e ainda um bar/discoteca (Rive Rouge).

O Time Out Market recebeu quase 4 milhões de visitantes em 2019, tendo obtido uma faturação total de mais de 37,8 milhões de euros.

- Publicidade -

Sigam-nos

10,594FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
609SeguidoresSeguir

Relacionados

Governo prolonga Estado de Calamidade em 15 freguesias de cinco concelhos da Área Metropolitana de Lisboa

Tudo isto devido ao elevado número de novos casos de Covid-19 nas últimas semanas.

Lisboa é a 106ª cidade mais cara do mundo no que toca ao custo de vida

A capital portuguesa desceu 11 posições face ao ano passado.

Lisboa vai ter rede ciclável de 200 km até 2021 e mais estacionamento para bicicletas

Transformação do espaço pedonal e aumento da rede ciclável são algumas das medidas do município para evitar o aumento do transporte individual e a poluição.
- Publicidade -

Mais Recentes

A BP chegou em força à Too Good To Go

Mais um bom aliado no combate ao desperdício alimentar.

Ru Sinel de Cordes vai ter mais duetos com humoristas no Porto

Depois do sucesso das quatro primeiras datas, seguem-se outras tantas com novos convidados.