The Witcher 3 vai mesmo sair na Nintendo Switch

Os rumores já flutuavam pela Internet há algum tempo, mas agora é real. Na Nintendo Direct da E3 2019, foi confirmado que The Witcher 3 vai mesmo ser lançado na híbrida da Nintendo.

Esta revelação, já esperada, não deixa de ser impressionante, ao confirmar que a pequena consola será capaz de correr o ambicioso título da CD Projekt RED, que se encontra agora a desenvolver Cyberpunk 2077.

Não é claro como será o desempenho das aventuras de Geralt na Nintendo Switch, mas o breve trailer mostra que existem alguns compromissos a nível de texturas e detalhe, assemelhando-se às definições mais baixas do PC.

A própria produtora confirma também que o jogo vai correr a uma resolução de 540p no modo portátil da consola e a 720p quando ligado à televisão, sendo a versão mais simples do jogo até à data.

Sabe-se, também, que o jogo será o maior a ser lançado para a Nintendo Switch até à data, ocupando 32GB de armazenamento no seu cartão, sem necessidade de instalação na consola.


The Witcher 3 recebe o subtítulo de Complete Edition e chega à Nintendo Switch com as duas expansões, Hearts of Stone e Blood and Wine, assim como os 16 DLCs extra já incluídos.

The Witcher 3 foi lançado para PC, PlayStation 4 e Xbox One em 2015 e chega este ano à Nintendo Switch.

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Sigam-nos

10,845FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
632SeguidoresSeguir

Relacionados

A Nintendo Switch pode deixar de receber novos jogos da Xbox

Segundo o chefe de divisão da Xbox, as conversões não são sustentáveis.

Final Fantasy VII e VIII em pack duplo a caminho da Nintendo Switch

Final Fantasy VIII também será relançado na PlayStation 4

Análise – Hades

Fujam do submundo num dos melhores títulos deste final de ano.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Bolt Food já funciona em Portugal. Lisboa é a primeira cidade com o serviço

Já é possível realizar encomendas em mais de 260 restaurantes em Lisboa.

Governo quer nova linha ferroviária para ligar Lisboa e Porto em 1h15

A proposta faz parte do Programa Nacional de Investimentos (PNI) 2030. O investimento é de 4.500 milhões de euros.