fbpx

Como fica o remake de “The Lion King” lado-a-lado com o filme de animação?

O remake de The Lion King recebeu ontem o seu primeiro trailer, onde pudemos espreitar como é que vai ser a fantástica cena do Ciclo da Vida nesta nova versão.

Mas por muito espetacular que o novo filme se pareça, será que captura a essência do original? Como é que se compara ao filme de animação de 1994?

O Youtube já se começa a encher de comparações, mas uma das mais interessantes é a do utilizador Sowick, que recriou o novo trailer com imagens da versão animada e colocou-a lado a lado com a nova versão. O resultado é fantástico.

Apesar da enorme semelhança, o filme não será uma cópia plano a plano do original. A nova versão de The Lion King vai perder uma das suas músicas, Be Prepared, e irá ter um novo tema de Beyoncé, que surge no elenco para dar a voz a Nala.

The Lion King tem data de estreia prevista para 18 de julho de 2019, é realizado por Jon Favreau, responsável pela adaptação de The Jungle Book, (que foi feito com a mesma tecnologia usada para este filme) e conta no elenco com nomes como James Earl Jones de regresso no papel de Mufasa, Donald Glover, Seth Rogen, Billy Eichner, Beyoncé, Keegan-Michael Key, Chiwetel Ejiofor e John Oliver.

Hans Zimmer também regressa para a banda sonora do novo filme.


- Publicidade -

Afiliados

Sigam-nos

10,789FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
631SeguidoresSeguir

Media Partner

Relacionados

Crítica – Enola Holmes

Enola Holmes oferece uma agradável e refrescante visão de uma franchise que pode ter ganho um novo futuro.

Crítica – The Devil All The Time

The Devil All The Time pode não ser indicado para aqueles que têm uma visão muito pessoal sobre a religião. Já para outros será um filme que tardará a desaparecer da memória.

Candyman adiado para 2021

E não é preciso adivinhar porquê.

Vem aí um filme sobre a vida de Madonna

E o guião está a ser desenvolvido pela própria.
- Publicidade -

Mais Recentes

LISBOA ZERO. A plataforma que vem combater o desperdício alimentar

Esta plataforma tem como cidade piloto Lisboa, mas o objetivo é ser replicada mundialmente, combatendo o desperdício alimentar.

Crítica – Greenland

Um par de cenas entusiasmantes e um elenco decente não conseguem livrar Greenland do desastre que é.