Como fica o remake de “The Lion King” lado-a-lado com o filme de animação?

O remake de The Lion King recebeu ontem o seu primeiro trailer, onde pudemos espreitar como é que vai ser a fantástica cena do Ciclo da Vida nesta nova versão.

- Publicidade -

Mas por muito espetacular que o novo filme se pareça, será que captura a essência do original? Como é que se compara ao filme de animação de 1994?

O Youtube já se começa a encher de comparações, mas uma das mais interessantes é a do utilizador Sowick, que recriou o novo trailer com imagens da versão animada e colocou-a lado a lado com a nova versão. O resultado é fantástico.

Apesar da enorme semelhança, o filme não será uma cópia plano a plano do original. A nova versão de The Lion King vai perder uma das suas músicas, Be Prepared, e irá ter um novo tema de Beyoncé, que surge no elenco para dar a voz a Nala.

The Lion King tem data de estreia prevista para 18 de julho de 2019, é realizado por Jon Favreau, responsável pela adaptação de The Jungle Book, (que foi feito com a mesma tecnologia usada para este filme) e conta no elenco com nomes como James Earl Jones de regresso no papel de Mufasa, Donald Glover, Seth Rogen, Billy Eichner, Beyoncé, Keegan-Michael Key, Chiwetel Ejiofor e John Oliver.

Hans Zimmer também regressa para a banda sonora do novo filme.


- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Snake Eyes recebe um primeiro trailer cheio de estilo

G.I. Joe recomeça de novo com um spin-off.

Crítica – Luca

Luca segue de perto as fórmulas de sucesso dos estúdios da Pixar sem se desviar por caminhos únicos, mas mesmo assim conta uma história cativante com personagens relacionáveis que chegam ao coração dos espectadores.

Crítica – Godzilla vs. Kong

Godzilla vs. Kong é um regresso em forma do divisivo MonsterVerse. Desde CGI genuinamente impressionante e visualmente orgásmico até às lutas entre monstros repletas de adrenalina e energia, este filme é a definição de puro entretenimento de blockbuster.

Crítica – The Conjuring: The Devil Made Me Do It

The Conjuring: The Devil Made Me Do It é, sem dúvida, a parte mais fraca da trilogia, mas continua bem longe do nível de "horrível" dos piores filmes desta saga de horror.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

La Roche-Posay lança primeiro protetor solar que integra cartão na produção da sua embalagem

Para reduzir em 45% o uso de plástico virgem (quando comparado com a média de embalagens do mercado).

Há novos donuts Kit Kat à venda no Continente por tempo limitado

Uma versão que não vão encontrar noutros super e hipermercados.

Vacinação para maiores de 18 anos arranca a 4 de julho

A vacina é uma ferramenta fundamental para combatermos a pandemia.