The High Republic marca a nova era de Star Wars

Em 2019 vimos o final da Saga Skywalker, e enquanto que The Mandalorian e The Clone Wars ainda se inserem dentro do período dessa saga, a Lucasfilm já começa a pensar no futuro da série ou, neste caso, no passado.

- Publicidade -

A começar com um universo expandido em forma de livros, anteriormente conhecido como Project Luminous, Star Wars: The High Republic vai-nos levar até ao passado, cerca de 200 anos antes de The Phantom Menace, quando os Jedi eram guardiões da paz e atuavam na galáxia como Cavaleiros da Távola Redonda.

A nova história foi desenvolvida de raiz por um número de artistas e escritores que já trabalharam em Star Wars anteriormente, de forma a criar um novo mundo, personagens, episódios e muito mais de forma mais coesa possível.

The High Republic será, para já, contada em forma de livros, bandas desenhadas e livros infantis, num total de cinco publicações, com a primeira, Light of the Jedi, a ser lançada em agosto. Mas este novo projeto promete ser muito mais ambicioso do que isto.

Com uma tela nova por pintar, The High Republic poderá servir de base para novas e emocionantes aventuras em séries, videojogos e filmes, como poderá ser o próximo, que já tem estreia marcada para 2022.

Fonte:Star Wars
- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Darth Vader assombra o novo trailer de Obi-Wan Kenobi

Está prometido o Duelo do Século.

Obi-Wan Kenobi recebe nova data com estreia de dois episódios

Ewan McGregor partilha uma notícia que irá agradar aos fãs.

LEGO lança sets com dioramas de Star Wars

As cenas e cenários mais icónicos do Universo Star Wars, agora em LEGO.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Nova tour dos Commedia a La Carte começa nos Açores e termina em Guimarães

O novo espetáculo Do Nada terá mais de 50 apresentações este ano.

Polestar. A marca de veículos elétricos da Volvo chegou a Portugal

O preço do Polestar 2 começa nos 49.000€. Os test drive poderão ser feito em Lisboa, Porto e Algarve a partir de junho.