Tecnologia sustentável: a nova tendência no âmbito do merchandising empresarial

A aposta em produtos feitos com materiais sustentáveis é cada vez maior.

- Publicidade -

Há muito que se debate o tema da sustentabilidade ambiental, embora só recentemente – desde há alguns anos para cá – as marcas tenham começado a apostar em força em novas formas de chegar ao consumidor, modificando fórmulas e criando novos produtos, de modo a acompanhar a evolução do mercado.

Hoje em dia fala-se muito na substituição do plástico de uso único por outros materiais, com as empresas a optarem por produtos constituídos por plástico 100% reciclado, por madeira e bioplástico, ou até por papel. Alternativas não faltam – basta as empresas apostarem nisso mesmo. Mas e em relação à tecnologia?

Bom, as grandes marcas começam agora a “acordar” para estas preocupações ambientais, mas a maior parte tem começado por otimizar os seus métodos de produção e, só depois, iniciar-se nesta mudança de paradigma, que quase sempre começa pelo packaging do produto. Começam por elaborar uma caixa mais sustentável e, só depois, passam para os componentes dos produtos propriamente ditos. Um desses casos é o da HP, que no ano passado anunciou que os seus portáteis HP Pavilion 14 e HP Pavilion 15 continham plásticos reciclados e destinados aos oceanos na construção da estrutura das colunas.

Ou seja, só por este exemplo já percebemos que as marcas mais poderosas do mundo ainda vão demorar a construir os seus componentes com materiais sustentáveis. No entanto, a tecnologia sustentável acaba por ser uma tendência, sim, mas no âmbito do merchandising empresarial.

Por outras palavras, referimo-nos a brindes promocionais, algo que acabamos por obter quando participamos em eventos, feiras e outro tipo de apresentações empresariais, até porque é uma excelente forma de uma marca “levar” o seu nome para qualquer lugar.

E além das típicas canetas, canecas, pulseiras ou porta-chaves, aposta-se cada vez mais em brindes tecnológicos, como é o caso de auriculares, auscultadores e até colunas bluetooth personalizadas. Neste último caso, as colunas publicitárias são bastante populares, pois além de baratas, são leves e transportáveis, o que faz com uma empresa possa oferecer várias do género (com o logótipo embutido) a clientes e parceiros, numa eficaz jogada de marketing. Mas a cereja no topo do bolo é que, agora, estas colunas de som portáteis podem ser constituídas por materiais mais naturais, como bambu (o revestimento dá um ar muito elegante), cortiça e, imagine-se, palha/carcaça de trigo. As possibilidades são imensas, até porque existem diversos formatos, mas só o facto de uma empresa apostar neste tipo de colunas mais sustentáveis pode impressionar potenciais clientes e investidores.

E para que a vossa marca possa ir para todo o lado, basta depois optarem pela impressão digital a cores ou gravação a laser (opções que variam consoante o tipo de coluna bluetooth escolhida). Por norma, brindes deste género tendem a fazer sucesso junto do público juvenil.

Além destes periféricos áudio, também se aposta muito na oferta de pens, que é outra tendência. Afinal de contas, e mesmo com a existência de clouds, todos precisamos de usar estes acessórios no nosso dia a dia, seja para levar documentos e softwares, como fotografias e vídeos mais particulares. Mas neste caso, e para uma empresa ser diferenciadora, porque não apostar numa pen em madeira? É que não só mostra que estão comprometidos com o meio ambiente, como é também uma boa solução para empresas que atuam no ramo da saúde e bem-estar. Por outras palavras, são produtos mais ecológicos comparativamente às típicas pen drives de plástico.

Neste caso, também têm várias opções: pens personalizadas em madeira, bambu, cortiça ou até opções que contam somente com 50% de material plástico. Depois do material, também o formato é diferente: têm à disposição pens com o aspeto mais convencional, mas também em formato oval, cilíndrico ou com mecanismo rotativo/deslizante. De resto, saibam que as pens podem ser personalizadas de três maneiras diferentes: serigrafia, impressão digital ou gravação a laser (a opção recomendada, pois fica mais elegante).

Tenham já uma empresa ou estejam em vias de começar o vosso próprio negócio, de uma coisa podem ter a certeza: a tecnologia sustentável veio para ficar e os consumidores estão cada vez mais atentos a esta evolução. Dito isto, atualizem-se e sigam a evolução das preferências dos clientes, pois essa atenção aos pormenores pode ditar o sucesso do vosso negócio.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Streamings da RTP2 e RTP3 passam finalmente para HD

Não, não é Full HD, mas tudo é melhor que o SD.

NOS Wi-Fi vai ser descontinuado em agosto

Estavam a contar com o serviço quando fossem de férias para aceder à Internet? É melhor pensarem em alternativas.