Os Switches Mecânicos da Razer vão chegar a outras marcas

Uma das particularidades mais interessantes dos mais recentes teclados mecânicos da Razer é a capacidade de o utilizador poder personalizar estes periféricos ao seu gosto.

- Publicidade -

Um desses casos é a série de teclados BlackWidow, que permite a troca dos seus botões, chamados switches, por conjuntos de teclas mais ou menos clicáveis e de diferentes alturas.

Até ao final do ano, não vão ser só os teclados da Razer que vão poder tirar partido destes switches da marca, pois os Switches Mecânicos da Razer vão chegar a outras marcas parceiras.

Segundo o cofundador da Razer, Ming-Lian Tan, esta é uma oportunidade de levar a marca a outros consumidores que se dedicam ao gaming, um hobby da qual a Razer aposta muito. “Os nossos switches, pelo contrário, são desenvolvidos especificamente para gaming. Estamos entusiasmados que mais parceiros validem a vantagem destes switches e ansiosos por estender estes benefícios a mais gamers.”

Assim, até ao fim do ano, os novos equipamentos de outras marcas vao receber as três variantes de Switches Mecânicos da Razer:

  • Switch Razer Verde: carateriza-se por uma lomba tátil e um som de clique distinto com pontos de atuação e reset otimizados para o melhor desempenho em escrita e gaming.
  • Switch Razer Laranja: carateriza-se por uma lomba tátil e resposta sem clique audível. Oferece o mesmo desempenho otimizado com menor força de atuação comparado com o Switch Razer Verde, mantendo uma experiência de gaming silenciosa.
  • Switch Razer Amerelo: carateriza-se por uma atuação super-rápida de apenas 1.2mm e desempenho silenciosos para cliques velozes e gaming frenético.

A Razer ainda pretende vender os seus Switches mecânicos individualmente, abrido portas aos entusiastas de teclados DIY.

Para já, ainda não se conhecem os modelos e marcas que vão receber os Switches Mecânicos da Razer.


 

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Sigam-nos

12,792FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
656SeguidoresSeguir

Relacionados

Análise – The Medium

Com um conceito tão interessante como a possibilidade de viajar e controlar ações entre dois mundos em simultâneo, a nova aposta de horror da Bloober Team tem dificuldade em fazer justiça ao seu fantástico potencial.

The Medium recebe um novo vídeo de jogabilidade e requisitos para a versão PC

Descobre o papel de um Medium no novo jogo de horror para as plataformas Xbox.

O Xbox Game Pass é invadido por Yakuza e mais jogos até ao fim de janeiro

Espreita as novidades para PC e Xbox para o final do mês.

Control chega ao Xbox Game Pass para PC já esta semana

Mais um jogo para os jogadores de secretária.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Análise – The Medium

Com um conceito tão interessante como a possibilidade de viajar e controlar ações entre dois mundos em simultâneo, a nova aposta de horror da Bloober Team tem dificuldade em fazer justiça ao seu fantástico potencial.

Salas de cinema podem virar centros de vacinação

O UCI Cinemas garante que tem todas as condições para que o processo de vacinação seja um sucesso.

Vintage 2017, da Niepoort, considerado o melhor Vinho Fortificado do Mundo

É uma distinção que enche todos os Portugueses de orgulho e eleva a Casa Niepoort – atualmente na sexta geração – e o Vinho do Porto a um patamar ainda mais alto do que aquele que já é seu por direito.