SushiCorner agora já tem uma loja de rua

por Alexandre Lopes

E com nova carta, pois claro. Depois de lojas no Campo Pequeno, Colombo, Saldanha, Chiado e Mercado de Algés, eis que, finalmente, o SushiCorner ganhou a primeira loja de rua. E nós fomos lá provar as novidades.

Para já, o espaço, onde anteriormente tinha passado outro restaurante de sushi. Tem 64 lugares sentados (há ainda um segundo piso), dos quais 20 na esplanada. A imagem também está renovada e, no que toca à decoração, também é diferente. E tinha mesmo de ser, até porque se pretende que os clientes gostem de estar no espaço. Ou seja, o objetivo não é só pegar e levar, mas sim desfrutar do ambiente. E esse, é jovem e atual. Gostámos.

Em termos de pratos, a mudança na carta foi efetuada pelo chef Ricardo Pereira, o novo chef do SushiCorner, que destaca a criação de menus para todos os gostos – incluindo crianças e famílias – bem como a possibilidade do cliente criar o seu próprio menu. Existiam 60 itens na carta, mas foram reduzidos para 40, para que não ficasse demasiado confuso para os clientes.

Entre os novos pratos, destacam-se, por exemplo, as Gyoza Bomb (uma sopa de gyozas) o Firestorm (maki de salmão, camarão tempura, sweet kimchi, alface e spicy bits) e a Sashimi Sarada, uma das sushi bowls da marca. Destes, provámos as Gyoza Bomb que, apesar do bom paladar, estavam embebidas na sopa e, como tal, apresentavam-se demasiado moles, desfazendo-se cada vez que as tentávamos agarrar.

Há também estreias nos hot bowls, como a Niku Niku, uma salada quente de massa frita com novilho marinado, coentros, sésamo e molho niku niku.

Sugere-se, ainda, o Atarashi, que é um combinado que traz uma inovação do chef Ricardo, o próprio atarashi. Provámos e gostámos bastante, notando-se que, aqui, não há uma aposta tão grande em sushi de fusão, apesar de existir, claro.

Também nos chegou à mesa um Gunkan Tartar (gunkan de tártaro de salmão e batata doce frita) e um Sushi Arancini (bolas de arroz fritas recheadas com atum, salmão, maiokimchi e teriyaki. Preferimos o Gunkan Tartar, até porque o Sushi Arancini fez-nos lembrar simples peças quentes, não se destacando.

Portanto, com esta nova carta, o cliente acaba por ter a tarefa facilitada na hora de escolher um prato. É tudo simples e intuitivo. E ainda bem. Melhor de tudo? A nova carta estará disponível em breve nas restantes lojas SushiCorner.

Este SushiCorner de rua está localizado na Avenida D. João II, 39A, em Lisboa, e funciona das 12h às 23h, todos os dias da semana, exceto domingo. O preço médio por pessoa varia entre os 10 e os 12€.

Deixar uma resposta

Também pode interessar

O Echo Boomer utiliza cookies para dar a melhor experiência possível aos nossos leitores. Aceitar Ler mais

%d bloggers like this: