Supermercados Go Natural já chegam a todo o país através da loja online

E sem valor mínimo de encomenda!

- Publicidade -

Atenção, malta que gosta dos produtos da Go Natural. Pela primeira vez, os supermercados da marca chegam agora a todo o país. Está tudo à distância de um clique, através da loja online.

Contando uma vasta gama de produtos saudáveis, biológicos e ecológicos disponíveis para entregas de e-commerce em Lisboa e no Porto, os supermercados Go Natural aproximam-se ainda mais de todos os apaixonados pela alimentação equilibrada através de entregas ao domícilio, sem valor minímino de encomenda e com opções para toda a família.

Assim, se antes era escassa a oferta alimentar especializada disponível para quem vive fora dos grandes centros urbanos, agora cidades como Braga, Aveiro, Coimbra, Leiria, Santarém, Setubal, Beja e Faro recebem a loja online Go Natural e mais de 10 categorias diferenciadas, das quais se destacam mercearias – com uma ampla oferta de artigos biológicos, sem glúten, sem lactose, vegan e 100% naturais – laticínios e bebidas vegetais, padaria, alimentação infantil, suplementos, bebidas e garrafeira, sem esquecer a limpeza do lar, higiene pessoal e beleza. Já os produtos frescos e refrigerados são distribuídos apenas em Lisboa e no Porto, a fim de garantir a sua frescura e qualidade.

A utilização da loja online é intuitiva e todo o processo de compra acontece num piscar de olhos e sem qualquer esforço. A taxa de entrega tem o custo fixo de 4,99€ e é grátis a partir dos 50€ em compras, sendo aceites como métodos de pagamento o Mb Way, Multibanco e é ainda possível usufruir das vantagens do Cartão Continente.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Já se pode comprar detergentes a granel em todas as lojas Go Natural de Portugal

A venda de detergentes a granel na Go Natural traz maior poupança ao cliente, com a redução de pelo menos 13% no preço.

Mercadona vai abrir nove supermercados em Portugal este ano

Todos concentrados no norte do país.

Supermercados voltam a poder vender livros e materiais escolares

Mas mantém-se a proibição de venda em relação a outros bens não essenciais.

Supermercados deixam de vender roupa, livros e artigos de decoração temporariamente

Estes estabelecimentos irão focar-se na venda de bens considerados de primeira necessidade.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Bird faz melhor que a Link e oferece viagens no dia de voto

São oferecidas duas viagens de 15 minutos cada.

Hotel Casino Chaves tem o único posto de carregamento ultra rápido universal de Trás-os-Montes

O Hotel Casino Chaves torna-se assim numa unidade mais completa com a parceria feita com a Power Dot Portugal.

Igreja de Bragança com estatuto de monumento foi vendida para pagar dívida a empreiteiro

A igreja foi a leilão como “espaço dedicado ao culto da religião católica”.