Snarky Puppy regressam a Portugal em março de 2020

Foi no passado mês de julho que os Snarky Puppy fizeram um brilharete na edição deste ano do EDP Cool Jazz. Nós inclusive estivemos lá e podemo-lo comprovar. Agora, e para aqueles que não conseguiram ir ao festival, há boas notícias. A banda vai regressar em 2020 para dois concertos.

- Publicidade -

O primeiro acontece a 22 de março no Pavilhão Carlos Lopes, em Lisboa. Já o segundo espetáculo decorrerá a 24 de março, no Coliseu do Porto.

Desde 2006 até agora, os Snarky Puppy já lançaram 12 trabalhos, o último dos quais é Immigrance, álbum lançado no passado mês de março. Como cruzam na perfeição o jazz mais clássico com as novas influências, os Snarky Puppy conseguem abraçar um público bem vasto. Até parece fácil.

Serão, sem dúvida, concertos a não perder. Os bilhetes estarão à venda amanhã, dia 15 de novembro, às 10h, na BOL (Lisboa), na Ticketline (Porto) e lojas FNAC pelo preço único de 30€.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Música – Álbuns essenciais (janeiro 2022)

A primeira seleção de 2022 está aí e já temos um forte candidato a álbum do ano!

Ouve aqui o tema principal de The Batman

Michael Giacchino revela ao mundo a sua versão do tema do Batman.

Os 50 melhores álbuns de 2021

Após um 2020 que obrigou todo o mundo a ficar por casa, tinha a esperança que isso trouxesse muita diversidade de álbuns de qualidade. A minha intuição estava correcta, de facto!

Música – Álbuns essenciais (outubro 2021)

Um mês de regressos surpreendentes e de estreias muito interessantes.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Netflix confirma a segunda temporada de Bienvenidos a Edén

Nova série espanhola da Netflix está a fazer enorme sucesso por todo o mundo.

Temtem sai do early-access com lançamento oficial em setembro

A versão final desta alternativa a Pokémon está finalmente a caminho.

Festivais Primavera Sound vão aceitar pagamentos com criptomoedas

Os festivaleiros poderão pagar nos bares instalados nos festivais do Porto e de Barcelona utilizando as suas criptomoedas.