Segunda temporada de Eléctrico já tem data de estreia na RTP1

A rádio volta a levar a música portuguesa ao vivo ao canal da RTP1.

- Publicidade -

Um programa com curadoria da Antena 3 e que é conhecido pela música ao vivo. Falamos, naturalmente, de Eléctrico, cuja segunda temporada vai estrear já no próximo dia 2 de outubro, às 23h45, no primeiro canal da estação pública.

Apresentado por Henrique Amaro e Vanessa Augusto, o programa coloca duas bandas/artistas frente a frente, num formato pensado para juntar vários géneros musicais, gerações de músicos e, ao mesmo tempo, trazer-nos complementaridade e afinidades entre todos.

Pelo programa, irão passar nomes como Carlão, Fogo Fogo, Plutónio, Richie Campbell, Lena d’Água, Capicua, The Gift, Noiserv, Salvador Sobral, Luísa Sobral, Grognation, Regula, Rita Redshoes, Três Tristes Tigres, Ana Moura, Camané, Márcia, Tiago Bettencourt, HMB, Carolina Deslandes, Moullinex, Rodrigo Leão, Mão Morta, Moonspell, Orelha Negra, Gisela João, Miguel Araújo, Benjamim, Tim, Miguel Ângelo, GNR, Cais Sodré Funk Connection, Bonga, Paulo Flores, Clã, Manel Cruz, The Legendary Tigerman, Marta Ren & The Groovelvets, Branko e Julinho KSD.

- Publicidade -

Parceiros

Relacionados

Novo telefilme de Tiago P. de Carvalho estreia na RTP1

Uma Vida Toda Empatada estreia já esta sexta-feira, dia 5 de fevereiro.

Variações estreia na RTP1 a 1 de janeiro

Nova oportunidade para ver o filme que celebra a vida e a música de António Variações.

Alta Fidelidade é a aposta da RTP1 para as noites de sábado

As noites de sábado vão continuar bem preenchidas na antena do canal público. Alta Fidelidade é a próxima aposta da RTP1 para as noites de sábado.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Lacuna Coil, Decapitated e Orphaned Land reconfirmados para o Laurus Nobilis 2022

A organização promete muito mais nomes para anunciar, entre os quais algumas surpresas.

Castelo de Vide vai ter quatro noites dedicadas à música erudita

O festival Sons com História está de regresso.

Aprovado o decreto-lei que regulamenta a Lei do Cinema

Prevê-se, assim, "incentivar o desenvolvimento do setor do cinema e do audiovisual".