São Brás do Regedouro. Novo refúgio recupera a originalidade do folclore alentejano

15 casas, uma aldeia.

- Publicidade -

Há cada vez mais portugueses a mudar de estilo de vida, a sair da cidade ou que simplesmente pretendem encontrar um local de férias onde exista uma ligação genuína entre pessoas e natureza. Agora, e depois de todas as sugestões que temos vindo a dar, apresentamos um novo refúgio que vos promete receber com a hospitalidade única do Alentejo.

Trata-se do projeto São Brás do Regedouro – Turismo na Aldeia, um espaço único a apenas 20 km da cidade de Évora, Património Mundial da UNESCO, e a 140 km de Lisboa. Aqui quer-se viajar no tempo, na cultura, arquitetura e gastronomia de uma região.

Aos hóspedes é oferecida uma experiência imersiva no Alentejo, através do contato privilegiado com os que ali vivem. Essa hospitalidade, o espírito de comunidade que se sente entre vizinhos de um meio pequeno e familiar e os visitantes da aldeia estão na base do projeto do São Brás do Regedouro – Turismo na Aldeia.

Tudo acontece nas 15 casas integradas na aldeia, cada uma com características únicas e pequenos pormenores de construção antiga que, associados a peças de artesãos locais, resultaram em apartamentos com áreas entre os 35m2 e os 80m2 (T0, T1 e T2). Com capacidade para 45 pessoas, entre adultos e crianças, está apto para receber pessoas com mobilidade reduzida e conta com uma receção, piscina, esplanada, zonas ao ar livre, um charmoso forno a lenha, zona de massagens, duas salas para eventos e um museu, no centro da aldeia: “Cabanas da Memória”, que mantém vivas as tradições populares e histórias tradicionais de São Brás do Regedouro.

À disposição, os hóspedes terão uma aplicação que pode ser descarregada para os dispositivos móveis e que permite fazer a reserva do pequeno-almoço. Na prática, é possível escolher os produtos que vão querer e a hora a que pretendem que esta refeição seja servida. Não se pode pedir mais.

O São Brás do Regedouro, Turismo na Aldeia oferece a possibilidade de também se desfrutar de uma variedade de serviços personalizados, de acordo com a vontade de cada um, e é um convite para novas experiências, onde se aliam as tradições alentejanas à vontade de aventura e momentos bem passados. Workshops de Gastronomia, onde se pode aprender a fazer um delicioso Pão Alentejano, passeios de bicicleta e passeios de balão, que podem terminar em piqueniques ao pôr-do-sol e experiências requintadas como uma boa prova de vinhos, são algumas dessas possibilidades.

Os preços da estadia variam de acordo com a tipologia das casas e vão dos 95€ aos 120€ nos estúdios e dos 145€ aos 200€ nas casas maiores. No meio, há apartamentos T1 com pátio interior (100€ a 128€), com pátio exterior (110€ a 140€) e apartamentos T2 (entre 135€ e 180€). Estes valores incluem amenities, atoalhados, limpeza diária, pequeno almoço, acesso à piscina e ao tanque e entrada no museu Cabanas da Memória.

Convém também dizer que todas as marcações efetuadas até 31 de julho, para serem usadas até 31 de dezembro, estarão com um desconto de 20%.

- Publicidade -

1 Comentário

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Festival de Francesinhas chega ao Seixal pela primeira vez

De carro, de barco, de comboio, de bicicleta... Todos os caminhos vão dar ao Seixal entre os dias 4 e 14 de novembro.

Governo vai reduzir o imposto sobre os combustíveis

E vai também fazer uma monitorização permanente da evolução dos preços.

Passatempo O Último Duelo – Temos 10 convites duplos para as antestreias em Lisboa e Matosinhos

O Último Duelo chega aos cinemas nacionais a 28 de outubro.