Salas de cinema perderam quase um milhão de espectadores no ano passado

por Echo Boomer

É o que diz o Instituto do Cinema e do Audiovisual (ICA), numa análise feita no que toca a 2018. Segundo a mesma entidade, houve quase menos um milhão de espectadores nas salas de cinema portuguesas no ano passado, o que também resultou numa quebra de 3,3 milhões de euros de bilheteira em relação a 2017.

Esta é, de resto, uma tendência que já se vinha a verificar no decorrer do ano passado.

Sendo mais concretos, registaram-se 14,6 milhões de espectadores, um decréscimo de menos 920 mil bilhetes vendidos em relação a 2017. Já a receita bruta, no que concerne a vendas de bilheteira, desceu 4%, de 81,6 milhões de euros de 2017 para os 78,3 milhões de euros do ano passado.

Ao todo, estrearam-se 398 filmes em Portugal. The Incredibles 2: Os Super-heróis, foi a longa-metragem mais vista, contando com 605 mil espectadores, o que resultou em 3,1 milhões de euros de receita de bilheteira.

No Top 10 dos filme mais vistos, temos ainda Bohemian Rhapsody, Deadpool 2, Vingadores: Guerra do Infinito, Missão: Impossível – Fallout, entre outros. Ou seja, apenas filmes mais comerciais.



No que toca a películas portuguesas, Pedro & Inês foi a mais vista, contando com 46.717 espectadores em sala.

A título de curiosidade, os dez filmes portugueses mais vistos no cinema no ano passado renderam somente 990 mil euros em receitas de bilheteira.

Mais grave é perceber que as 574 salas de exibição do país registaram 662.488 sessões, o que perfaz uma média desastrosa de apenas 22 espectadores por sessão.

De realçar que, graças à Festa do Cinema, outubro foi facilmente o mês que levou mais público às salas.

Deixar uma resposta

Também pode interessar

O Echo Boomer utiliza cookies para dar a melhor experiência possível aos nossos leitores. Aceitar Ler mais

%d bloggers like this: