fbpx

Análise – Rush: A Disney Pixar Adventure – Uma pérola para os mais novos

Rush: A Disney Pixar Adventure faz parte de um conjunto de jogos relançados, onde também se inclui o Zoo Tycoon: Ultimate Animal Collection, e que recupera uma pérola do tempo da Xbox 360 quando a Microsoft ainda apostava no Kinect. Agora, o periférico de controlo por movimentos já não faz parte do ecossistema Xbox, e, com isso, Rush: A Disney Pixar Adventure aparece afinado e atualizado à nova geração com resoluções 4K, HDR (na Xbox One X) e até com uma versão para Windows 10 PC graças ao programa Play Anywhere.

Rush é um jogo direcionado para os mais novos, levando-nos a visitar e viver aventuras em seis universos da Disney Pixar, sendo estes os escolhidos: Up, Toy Story, Incredibles, Ratatouille, Cars e Finding Nemo.

Este é um título que tem como base a exploração da imaginação dos mais novos. Depois de criarmos uma personagem para controlar, somos largados num recreio onde outras personagens nos convidam para visitar a sua área e viver diferentes aventuras na forma de níveis, tendo o jogador de correr contra o tempo e cumprir objetivos.

As personagens que vamos encontrar são pequenos fãs destes icónicos filmes, fingindo ser os heróis que conhecemos só para inventarem pequenas aventuras baseadas nas histórias originais. Aqui não estamos perante adaptações fiéis dos filmes, mas sim novas aventuras com situações e personagens familiares.

É um jogo bastante direto e com mecânicas bastante simples, muito parecidas com os jogos de plataformas a que estamos habituados. Temos apenas botões de ação e de salto, sempre acompanhados com pequenas informações do que fazer em algumas situações.

Cada mundo tem cerca de três níveis. Estes são relativamente curtos e simples de passar, mas deixam sempre vontade de seguir para o próximo ou de voltar a repetir quando temos acesso a personagens que nos abrem caminhos diferentes.

Visualmente, Rush: A Disney Pixar Adventure não vai ganhar nenhum prémio, especialmente na área do recreio. No entanto, à medida que vamos navegando pelos diferentes níveis, é possível sentir alguma coesão entre cada um deles com todos os elementos visuais e caricaturas característicos desses mundos, mas sem nunca atingir a qualidade visual dos filmes. Ainda assim, a qualidade de imagem é excelente com visuais bem definidos.

A nível de som, vamos encontrar alguns temas familiares dos filmes, mas o mesmo não podemos dizer das vozes (especialmente em Inglês), onde é fácil perceber que não são as mesmas pessoas. Contudo, são bastante parecidas às originais e não vão fazer muita diferença.

De realçar que o jogo tem Português do Brasil. Não é o nosso português, mas serve perfeitamente.

A jogabilidade, como referida, assenta em mecânicas bastante básicas, e não podia ser de outra forma, já que pretende ser o mais acessível possível. As animações respondem bem aos controlos e certamente que qualquer criança que pegue no comando vai passar o jogo sem grande dificuldade. Isto não quer dizer que não hajam desafios, especialmente para quem quiser completar tudo a 100% e fazer os melhores tempos.

Apesar de não ser o grande foco da Microsoft neste momento, Rush ainda permite a utilização do Kinect, podendo usá-lo para controlar o jogo com os movimentos do corpo.

Sendo este um título familiar, não fazia sentido estar virado só para um jogador. Se houver mais do que um comando, o jogo permite ser jogado em modo cooperativo na sua totalidade.

Rush: A Disney Pixar Adventure é uma pequena pérola e arrisca-se a ser dos melhores jogos da Disney e da Pixar desta geração. Já não existem muitas adaptações destes filmes de animação, e Rush vem ocupar esse espaço ao oferecer alguma originalidade e variedade. É um jogo fácil, divertido e extremamente recomendável para os mais novos, especialmente se forem fãs destes filmes da Pixar.

Rush: A Disney Pixar Adventure está disponível para as plataformas Xbox One e PCs Windows 10, por 29.99€.

Rush: A Disney Pixar Adventure
Nota: 6/10

O jogo foi cedido para análise pela Microsoft Portugal.

- Publicidade -

Afiliados

Sigam-nos

10,780FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
628SeguidoresSeguir

Media Partner

Relacionados

Análise – eFootball PES 2021 Season Update

O mundo mudou e a forma de lançar jogos também. E eFootball PES 2021, é uma sensata e honesta maneira de levar uma nova temporada até às mãos dos fãs do género.

Análise – Minoria

Curto, difícil e muitas vezes implacável – assim é este metroidvania que acaba de chegar às consolas.

Arrefece o teu PC com os novos coolers luminosos da Corsair

As novas apostas de arrefecimento a liquido da Corsair trazem todas as cores às vossas torres.
- Publicidade -

Mais Recentes

Câmara Municipal de Almada lança app que permite saber mais sobre o município

Fica disponível este domingo, 27 de setembro, Dia Mundial do Turismo.

Um spinoff de The Boys pode chegar muito em breve

Segundo a Variety, está agora a ser dada prioridade a este projeto devido ao sucesso da segunda temporada da já popular série da Amazon.