Rock in Rio Lisboa 2018 | Xutos & Pontapés homenagearam Zé Pedro rodeados dos seus amigos

- Publicidade - trk
- Publicidade -

Depois dos Capitão Fausto terem mandado a chuva embora, já o concerto dos Xutos & Pontapés tinha começado quando fomos até ao Palco Mundo para aquele que seria, para muitos, um espetáculo especial.

Os Xutos fazem parte da vida de milhões de portugueses. Quem nunca viu um concerto da maior banda portuguesa? Certamente serão poucos os que se enquadram nesta categoria.

Já com 40 anos de carreira, os Xutos apresentaram-se, claro está, sem o guitarrista e membro fundador Zé Pedro, falecido no ano passado. Não se sabe se, no futuro, não poderão ter um novo guitarrista, mas, por enquanto, contamos apenas com Tim, Gui, Kalú e João Cabeleira, com este último a assumir agora as funções de único guitarrista da banda.

Eram muitos os que viam o concerto, portanto, muitos os que sabiam as letras de cor e salteado, mas o mesmo não se pode dizer dos nossos políticos, que, através das câmaras que os iam filmando, notava-se que estavam algo atrapalhados.

Entre novos temas (“Fim do Mundo”, “Mar de Outono”) e outros da velha guarda (“Não Sou o Único”, “À Minha Maneira”, “Chuva Dissolvente”, “Contentores”, “Circo de Feras”), houve uma surpresa quando chegou “Para Ti Maria”. Tim anunciou que iam “voltar a tocar com o Zé Pedro neste palco”, indo resgatar imagens e som gravados no concerto que assinalou o 30º aniversário da banda. De repente, nos ecrãs do Palco Mundo, surgia Zé Pedro, tão alegre como o conhecíamos.

A chuva tinha despertado e aguardava-se o grande final, a tão esperada homenagem. No fundo, subiram a palco os amigos de longa data da banda para, uma vez mais, cantarem por Zé Pedro. Estiveram a cantar Marcelo Rebelo de Sousa, Ferro Rodrigues, Fernando Medina, António Costa Catarina Martins, todos estes políticos; Cristina Avides, viúva de Zé Pedro; Maria Rueff, Júlia Pinheiro, Pauleta, Sá Pinto, Raquel Tavares, Fred Ferreira, Ramón Galarza, Margarida Pinto Correia e a própria Roberta Medina, entre tantos outros, para, no fim, cantarem, em conjunto, “A Minha Casinha”.

Acabava o concerto sob uma enorme ovação de palmas. Zé Pedro pode já não estar entre nós, mas a sua memória perdurará, para sempre, na história dos Xutos & Pontapés.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

- Publicidade -

Relacionados

Último dia de Rock in Rio Lisboa está esgotado

Uma edição que vai terminar da melhor forma.

Passaram 137 mil pessoas pelo Rock in Rio Lisboa no primeiro fim de semana

O reencontro está marcado para os próximos dias 25 e 26 de junho no Parque da Bela Vista.

A vitória dos Muse no regresso do Rock in Rio Lisboa

Passaram 74 mil pessoas pelo recinto do Parque da Bela Vista.
- Publicidade -
- Publicidade - trk
- Publicidade -

Mais Recentes

The Quarry – À descoberta da divertida estupidez do horror

The Quarry não é propriamente um jogo excecional, mas é divertido o suficiente para prender e manter investido até o jogador mais alheio ao seu género de horror.

Cinemas NOS no Glicínias Plaza finalmente em funcionamento em julho?

É o que dá a entender uma informação disponível dentro do próprio centro comercial.