Rock in Rio Lisboa 2018 | HAIM – Power-trio feminino vindo diretamente da Califórnia

Depois de um bom concerto de Carolina Deslandes, fomos novamente ao Palco Mundo, onde as manas HAIM traziam o seu girl power.

- Publicidade -

Este Haim, Danielle Haim e Alana Haim vieram diretamente da Califórnia, mais propriamente de Los Angeles, de onde são naturais, para nos apresentarem os temas dos seus dois álbuns de estúdio: Days Are Gone e o mais recente Something To Tell You.

Para quem nunca as viu ao vivo, podem, por exemplo, espreitar o belo videoclip de “Right Now”, realizado por Paul Thomas Anderson, onde se percebe que existe ali uma sinergia pouco habitual de se ver nos dias de hoje E isso, depois, transparece para os concertos, onde é notória a facilidade com que mudam de instrumentos e a felicidade por tocarem para tanta gente.

Apesar de terem atuado perante um público algo amorfo, as norte-americanas apresentaram um punhado de boas músicas, variadas entre a sua discografia. “Forever”, “The Wire”, “Falling” ou “Right Now” foram alguns dos pontos altos do concerto, canções que beberam inspirações de clássicos dos Fleetwood Mac ou dos Eagles.

De destacar ainda a prestação da baixista Este Haim, que, com todas suas caretas, certamente fez as delícias dos fotógrafos.

A verdade é que, apesar de um concerto bem conseguido e de estarem melhores ao vivo em relação à última vez que as vimos, parece que ainda lhes falta qualquer coisa.

Sofrerão elas do síndrome de eterna banda promessa? As músicas não são más, longe disso. Temos bons indícios de um country abluesado que as manas deverão ter ouvido durante toda a vida, tendo isso sido transportado para as músicas, mas continuam-nos a soam melhor em disco do que ao vivo.

Há quem diga que as Haim tenham músicas muito semelhantes. Há também quem diga que são uma pérola do rock deste milénio. Embora dividam opiniões, tenho a certeza que as Haim seriam mais felizes num concerto em nome próprio cá em Portugal do que num festival que lhes mostrou alguma distância.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Câmara Municipal de Lisboa passa a oferecer testes ilimitados à COVID-19

E é também alargado a não moradores de Lisboa.

Festival Sónar ganha datas para Lisboa. Cartaz só é conhecido em setembro

Os primeiros 500 bilhetes estão à venda a partir de hoje e custam 95€.

Crítica – Luca

Luca segue de perto as fórmulas de sucesso dos estúdios da Pixar sem se desviar por caminhos únicos, mas mesmo assim conta uma história cativante com personagens relacionáveis que chegam ao coração dos espectadores.

Crítica – Godzilla vs. Kong

Godzilla vs. Kong é um regresso em forma do divisivo MonsterVerse. Desde CGI genuinamente impressionante e visualmente orgásmico até às lutas entre monstros repletas de adrenalina e energia, este filme é a definição de puro entretenimento de blockbuster.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

PES 2022 recebeu uma open beta surpresa para consolas

Disponível até ao dia 8 de julho. Andavam à espera de experimentar alguns aspetos do ansiado PES 2022? Pois bem,...

Icónico The Black Album dos Metallica vai ser reinterpretado por 53 artistas

A reedição do álbum icónico do grupo norte-americano será desvendada no dia 10 de setembro.