Regresso do comboio à linha do TUA pode estar em risco

- Publicidade -

Isto porque o empresário Mário Ferreira manifestou intenção de desistir.

linha do TUA
Imagem meramente ilustrativa

Há mais de três anos que o plano de mobilidade da linha do TUA, que prevê o regresso do comboio à centenária linha férrea, aguarda luz verde para arrancar. Segundo a SIC, o empresário Mário Ferreira, operador que ficou com a concessão, está cansado de esperar e comunicou à agência de desenvolvimento do vale do TUA, composta pelos cinco municípios da região, a sua eventual perda de interesse pelo projeto.

Em causa está a principal medida compensatória pela construção da barragem do TUA, que deixou submersos 22 quilómetros de linha férrea e suspendeu a circulação nos últimos 36 onde o comboio deveria regressar. O resto do trajeto submerso seria substituído pelo barco que se encontra atracado no cais da Brunheda há mais de dois anos, tal como o novo comboio, que se encontra na estação de Mirandela.

Até ao momento já foram investidos 16 milhões de euros em infraestruturas e equipamentos. O processo arrasta-se há quase quatro anos entre obras de requalificação da linha e burocracias por parte dos organismos públicos.

Contactado pela SIC, Mário Ferreira não falou sobre o assunto, mas confirma ter recebido por parte dos autarcas um pedido de reunião urgente.

Fonte:SIC
- Publicidade -
- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Infraestruturas de Portugal tem duas hipóteses para reduzir tempo de viagens entre Lisboa e Faro

Ou se melhora a atual linha do sul ou, então, se procede à construção de uma nova linha de alta velocidade.

Foi há 100 anos que o comboio chegou a Lagos

De momento, o mais importante é outro projeto: a modernização da Linha do Algarve.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Makro vai abrir um marketplace que estará disponível para todos os clientes

Mesmo para aqueles que não têm acesso às lojas físicas.

Roger Waters marca segundo concerto em Portugal

Isto tudo porque o primeiro concerto já esgotou.

Vodafone chegou a acordo para adquirir a NOWO

Isto poderá fazer com que a operadora se expanda para cidades que, até aqui, não possuem a fibra Vodafone.