Odisseia vai estrear documentários dedicados aos comboios que mudaram o mundo

- Publicidade -

Seis documentários incríveis sobre autênticas maravilhas da tecnologia.

comboios que mudaram o mundo

Quando falamos de progresso, poucas invenções representaram uma ruptura tão radical com o passado como o comboio. Agora, e a pensar naqueles interessados neste tão necessário meio de transporte, seja de pessoas ou de mercadorias, o canal Odisseia vai estrear Comboios que mudaram o mundo, um série de seis documentários que, desde o comboio a vapor, aos super-rápidos da atualidade, dá a conhecer alguns dos comboios mais icónicos da História, analisando o contexto em que surgiram e o impacto que causaram.

Os primeiros dois são exibidos já esta terça-feira, dia 5 de janeiro. Às 22h30 é exibido O Primeiro Impacto, que dá a conhecer a primeira linha de caminho-de-ferro comercial do mundo e a forma como, em apenas 20 anos, o caminho-de-ferro transformou a Grã-Bretanha num colosso industrial. Logo de seguida, às 23h30, vai para o ar Era de Liberdade, abordando os anos que precederam a Guerra de Secessão, altura em que uma rede clandestina utilizou o caminho-de-ferro para ajudar escravos a fugir das plantações do sul dos Estados Unidos em direção aos estados livres e ao Canadá.

Já a 12 de janeiro estreiam mais dois documentários. Pelas 22h30, o canal Odisseia estreia Intrépido Muno Novo, que dá a conhecer a década de 1930, altura em que o comboio a vapor atinge o seu zénite na Europa com o Flying Scotsman ou o Mallard, nos Estados Unidos, o Burlington Zephyr ou o Streamliner, que podemos ver nos clássicos de Hollywood. Logo de seguida, às 23h30, o destaque vai para Monstros de Metal, onde poderemos constatar como é que comboios como o Consolidation impulsionaram a venda por catálogo e a indústria da publicidade, ou como, durante a Segunda Guerra Mundial, o Big Boy, da Union Pacific, ajudou os aliados no transporte de tropas e material bélico.

Por sua vez, a 19 de janeiro, também pelas 22h30, o canal exibe O Mundo em Movimento, um trabalho que revela como, à medida que as viagens entre cidades se tornaram mais fáceis, viajar pelo meio delas foi-se tornando um pesadelo. A solução chegou com uma ideia ambiciosa: um comboio a vapor que passasse através de um túnel, por baixo de Londres, a cidade mais movimentada do mundo.

Finalmente, a 26 de janeiro, às 22h30, é Supercomboios que encerra esta série especial, explicando como é que os japoneses usaram tecnologia desenvolvida na Segunda Guerra Mundial para criar um dos comboios de maior êxito de sempre: o comboio-bala. Reduziu os tempos de viagem, bateu recordes e fez o Japão passar a ser cenário mundial da velocidade. Conheceremos ainda o comboio de levitação magnética (Maglev) e saberemos porque o verdadeiro campeão do comboio de alta velocidade é a China, local onde existe o maior número de linhas de alta velocidade do mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Vem aí uma revolução nos comboios de Lisboa: os da Fertagus vão poder chegar a Oriente

Além disso, e até 2029, também os comboios que partem de Cascais poderão chegar a Oriente.

Há alterações na tipologia dos comboios duplos e simples da Fertagus

E claro que já são várias as críticas nas redes sociais.

CP precisa de quase 800 unidades para substituir a frota até 2040

Já para a linha de alta velocidade, está prevista a aquisição de 12 unidades, com mais 14 de opção.

Estações do Algarve vão ter melhores condições de acesso para os comboios

O investimento previsto é de 2,1 milhões de euros.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Makro vai abrir um marketplace que estará disponível para todos os clientes

Mesmo para aqueles que não têm acesso às lojas físicas.

Roger Waters marca segundo concerto em Portugal

Isto tudo porque o primeiro concerto já esgotou.

Vodafone chegou a acordo para adquirir a NOWO

Isto poderá fazer com que a operadora se expanda para cidades que, até aqui, não possuem a fibra Vodafone.