Análise – Razer Naga Pro

O rato mais modular da Razer, ainda mais versátil.

Razer Naga Pro
- Publicidade -

Na sua demanda de tornar todos os seus equipamentos sem fios, a Razer revitalizou o rato Razer Naga, agora com o sobrenome Pro, que surge revisto, atualizado e, claro, livre dos fios.

O grande destaque desta série de ratos é a capacidade modular, isto é, de alterar um painel de botões de acordo com a necessidade do utilizador (algo que vem incluído no pacote do Razer Naga Pro), mas com foco em experiências MMO e para a produtividade.

Naquela que é uma das soluções mais interessantes para um rato versátil, tal como as suas versões anteriores, bem como outros ratos da concorrência, alterar os painéis é extremamente simples, graças aos seus contactos magnéticos que, uma vez fechados, nem se notam.

Ao todo temos três painéis: um com uma textura para colocar o dedo e dois botões personalizáveis, dando-lhe uma utilização muito comum a tantos outros ratos, a pensar no jogador de FPSs; um painel de seis botões, muito bem distintos, para battle-royales e MOBAs; e por fim, um painel numérico de 12 botões para a experiência MMO.

Claro que estas designações foram feitas pela Razer, com a ajuda da comunidade e jogadores, mas, no fim do dia, a sua utilização depende do conforto e versatilidade que conferem. Por exemplo, um jogador de FPS poderá sentir maior vantagem com o painel de 6 ou 12 botões, pelo potencial de atalhos que lhe conferem.

O mesmo aplica-se aos utilizadores criativos, que podem também criar macros e personalizar estes botões, como atalhos para as suas aplicações favoritas. Enquanto editor nas horas vagas, o painel de seis botões tornou-se particularmente útil pelo número necessário de ações regulares e pela facilidade extra de criar uma memória muscular para cada botão, algo que, com o painel de 12 botões, requer ainda uma maior curva de aprendizagem.

Só com esta funcionalidade de podermos moldar o rato à nossa forma, o Razer Naga Pro revela-se como uma solução extremamente versátil e sem compromissos para todo o tipo de jogadores, mas as vantagens não se ficam por aqui.

A ergonomia também tem uma palavra a dizer, com um corpo que enche facilmente a mão e um pequeno apoio para o dedo anelar. É um rato de grandes dimensões, mas bastante robusto e confortável de se usar. Com 117g, não é propriamente o mais leve, mas tem um conjunto de vantagens e características que fazem com que esse ponto não seja preocupante.

Um desses pontos é a atualização que o Razer Naga recebeu para este modelo, com a sensibilidade do rato a atingir 20.000DPI e uma velocidade máxima de 650IPS, que faz com que seja extremamente preciso e rápido de se usar, não requerendo uma área de superfície ou o levantar do rato muito frequente.

Dentro das novidades, temos os seus botões clicáveis óticos, muito rápidos e satisfatórios, mas que provocam um som um pouco elevado, podendo ser apanhado com facilidade durante um stream ou gravação.

Em todo o caso, o que torna esta atualização especial é a sua liberdade. Como outros modelos atuais da marca, o Razer Naga Pro oferece três tipos de ligação – uma por cabo, que serve para o carregamento da sua bateria, e duas sem fios, via Bluetooth -, podendo ligar-se virtualmente a qualquer equipamento. Há também a ligação Razer HyperSpeed, graças à pen USB incluída que garante uma ligação muito mais estável e síncrona, mas ao custo da bateria.

Mais uma vez, a versatilidade e leque de opções de uso são uma mais-valia, podendo este rato ser usado em diferentes dispositivos apenas com a alteração do tipo de ligação. A liberdade de não ter fios é sempre excelente, até porque a secretária acaba por ficar mais limpa.

Eventualmente, o uso do cabo acontece, mas, felizmente, a utilização do Razer Naga Pro pode ser feita neste cenário. Não incluído na caixa temos ainda a base de carregamento para ratos da Razer, compatível com o Razer Naga Pro, onde podemos repousar quando não o usamos.

Razer Naga Pro

A Razer faz menção de que o Razer Naga Pro aguenta 150 horas sem fios. Um valor elevado e longe da realidade numa utilização realista. Com a ligação Bluetooth, o rato aguenta-se cerca de uma semana durante o horário de trabalho. Já por HyperSpeed, o tempo de utilização não passa das 24 horas, o que fez com que usasse com muito mais regularidade a opção com fios ou Bluetooth.

Mas, no geral, a Razer tem novamente um fantástico rato que prima pela versatilidade, muito graças ao seu formato modular. Não é perfeito, mas tem todas as tecnologias mais recentes dos ratos do restante catálogo da tecnológica (incluindo iluminação Razer Chroma RGB) e um fator diferenciador que pode ser decisivo para muitos utilizadores.

O Razer Naga Pro pode ser encontrado na loja online da marca por 169,99€.

Nota: Muito Bom

Este dispositivo foi cedido para análise pela Razer.

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Sigam-nos

12,402FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
654SeguidoresSeguir

Relacionados

- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Tiamat são um dos cabeças-de-cartaz do festival Under The Doom 2021

O evento realiza-se entre 4 e 5 de dezembro de 2021, no Lisboa ao Vivo.

Mandalorian e Baby Yoda juntam-se à batalha na nova temporada de Fortnite

Depois da Marvel, Star Wars está de regresso à ilha mais popular dos videojogos.