Queima das Fitas em Coimbra? Tudo depende da DGS

A realizar-se, esta será a primeira Queimas das Fitas em época de pandemia.

- Publicidade -

Numa altura em que ainda existem algumas incertezas face à realização de eventos, promotores e não só tentam na mesma a sua sorte, embora o desfecho possa não ser o melhor. Veja-se o caso do festival Soundflower, cuja edição de 2021 foi anunciada no passado mês agosto para acontecer neste mês de setembro, mas que afinal não vai concretizar-se nas datas previstas.

Porém, e à medida que o tempo vai passando, mais pessoas vão ficando vacinadas, pelo que é perfeitamente natural que as coisas acabem por voltar a uma relativa normalidade. E é nesse sentido que aponta a Queimas das Fitas de Coimbra, que tem edição marcada para este ano, mais precisamente para acontecer de 22 a 29 de outubro.

Segundo um post nas redes sociais, a organização diz que as Noites de Parque da Queima das Fitas de Coimbra “estão de volta na edição mais aguardada de sempre”. O anúncio é relativamente curto, mas promete mais informações em breve, sendo que “todas as medidas de segurança impostas serão cumpridas”.

Porém, e embora a vontade de concretizar algo seja muita, está tudo dependente da aprovação da DGS. Foi o que disse Carlos Missel, coordenador geral da Comissão Organizadora da Queima das Fitas de Coimbra, em declarações ao JN, alegando ainda “que se as regras previstas para a terceira fase de desconfinamento entrarem em vigor, não haverá motivos para que a festa dos estudantes não se realize”.

Para entrarem, os estudantes terão de apresentar certificado de vacinação ou teste negativo à covid-19. O recinto terá também um espaço limitado, mas ainda assim com o espaço necessário para que se possa garantir um maior distanciamento social, algo que será difícil de cumprir num evento universitário do género.

A realizar-se, esta será a primeira Queimas das Fitas em época de pandemia.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Espetáculos ao ar livre? Nesta fase só mesmo com lugares marcados, diz a DGS

As notícias não são animadoras para o setor.

DGS recomenda realização de testes à COVID-19 em casamentos com mais de 10 pessoas

No caso de eventos de natureza cultural ou desportiva, recomenda-se a testagem sempre que o número de participantes/espectadores seja superior a 1.000, em ambiente aberto, ou superior a 500, em ambiente fechado.

DGS passou a recomendar a utilização da vacina da Astrazeneca sem reservas para pessoas a partir dos 18 anos

Novos estudos conhecidos mostraram agora, com base em metodologias científicas robustas, que a vacina da AstraZeneca é eficaz em indivíduos com 70 ou mais anos.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Carris Metropolitana. Divulgados os horários da Área 4

Já se podem orientar nos municípios de Alcochete, Moita, Montijo, Palmela e Setúbal. São os horários da Área 4.

Primeiro teaser de Andor mostra como Star Wars poderá contar histórias de espionagem

Diego Luna regressa como Andor, numa prequela de Rogue One.

Nova atualização de Gran Turismo 7 adiciona novos carros e eventos

Com destaque para vencedor das 24 Horas de Le Mans, o novo Toyota GR010 HYBRID.