Quando os “pauzinhos” substituem os talheres: Dicas práticas a saber

- Publicidade -

Em 2019, é raro o português que ainda não decidiu aventurar-se pelos sabores da gastronomia oriental. Numa era multicultural, não existe no nosso país um centro urbano que dispense a presença de um restaurante asiático. Quer seja Japonês, Chinês, Coreano, Vietnamita ou outros, vale a pena experimentar as iguarias que viajaram até nós desde o outro lado do mundo.

A visita a um destes restaurantes é muito diferente da habitual refeição fora de casa à portuguesa. Os melhores restaurantes asiáticos proporcionam aos clientes toda uma experiência que passa pelo ambiente, pelo atendimento, pelos utensílios e, claro, pelos pratos exóticos e deliciosos.

Para orientar os menos experientes, neste artigo contamos-te tudo o que precisas de saber antes de partires para a experiência gastronómica asiática. Mas não te preocupes – mesmo os adeptos mais frequentes poderão descobrir algumas curiosidades novas. Falamos dos pauzinhos e de algumas regras de etiqueta essenciais. Pronto para aprender mais sobre as culturas asiáticas?

Como posicionar os “pauzinhos”?

Os pauzinhos são provavelmente o maior desafio para qualquer português que visita um restaurante asiático. Existe sempre a opção de pedir talheres e deixar os pauzinhos de lado, mas ninguém gosta de desistir assim tão facilmente, não é verdade?

Estes utensílios existem há séculos, desde muito antes dos nossos familiares garfos e facas. Saber usá-los corretamente é uma arte milenar que se transmitiu geracionalmente nas culturas asiáticas. Contudo, conseguir comer com pauzinhos pode ser mais fácil do que parece.

Se estás determinado a aprender a comer com hashi – como chamamos aos “pauzinhos” -, presta atenção às dicas que te damos aqui. Decerto se tornará mais fácil.

  1. Primeiro, deve-se separar os pauzinhos um do outro, partindo a madeira. Ao contrário do que se pensa, deve-se separá-los partindo o pedaço de cima e não puxando um para cada lado. O pedaço de madeira que sobra servirá para apoiar os utensílios. De seguida, esfrega-os um no outro para eliminar quaisquer lascas de madeira. Alguns restaurantes já adotaram os hashi reutilizáveis, de madeira ou metal, que dispensam este passo.
  2. A forma de manusear o pauzinho de cima é semelhante à forma de segurar uma caneta. Deves segurá-lo com os dedos indicador médio e polegar.
  3. Para segurar no pauzinho de baixo, posiciona-o entre o polegar e o indicador, apoiando-o no dedo anelar.
  4. Para abrir e fechar os hashi, basta movimentar o pauzinho de cima com os dedos indicador e médio em direção ao pauzinho de baixo.

Se ainda não conseguiste aperfeiçoar a técnica, podes sempre pedir no restaurante para colocarem um elástico nos teus hashi. O elástico junta os dois utensílios, facilitando o seu uso.

Como comer o arroz e a sopa?

Afinal, como é possível comer os grãos tão pequenos de arroz com a ajuda de apenas dois pauzinhos? Na cultura japonesa, por exemplo, o arroz come-se levando a tigela junto à boca e usando os hashi para levar os grãos até à boca.

Da mesma forma, quando pedires uma sopa, poderás estranhar o facto de não te trazerem uma colher a acompanhar. A verdade é que algumas culturas não usam utensílios para além da tigela para comer sopa. Os japoneses, por exemplo, têm o hábito de comer os alimentos sólidos presentes na sopa com os hashi e de beber o caldo diretamente da tigela.

O que não fazer à mesa?

Como em todas as culturas, existem regras de etiqueta que devemos cumprir num restaurante asiático. Algumas são bastante óbvias, mas outras diferem consideravelmente das que conhecemos em Portugal. Apontámos aqui algumas das mais importantes.

  1. Deixar grandes quantidades de comida no prato. É considerada uma prática rude, pelo que deves evitar pedir mais comida do que aquela que consegue comer.
  2. Espetar os hashi na comida. Os Hashi servem para segurar a comida entre si. Espetá-los na comida é visto como um desrespeito à cultura e à tradição. Se tiveres dificuldades na utilização, é preferível pedir um elástico ou um par de talheres.
  3. Usar os hashi para apontar para algo ou para alguém. Esta prática é vista como desrespeitosa. Os hashi devem ser pousados num suporte ou no próprio prato quando não estão a ser usados para manejar os alimentos.

Depois destas dicas, decerto estarás mais preparado para uma refeição à moda asiática. Agora, poderád partilhar todas estas curiosidades com os teus amigos ou familiares na próxima refeição num restaurante asiático! 

Não deixes de experimentar os tesouros gastronómicos que as culturas orientais nos oferecem – e sempre com etiqueta. De que estás à espera? Bom apetite!

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome