Os próximos três Call of Duty já estão confirmados para a PlayStation

- Publicidade -

O futuro da franquia na plataforma da Sony ainda é incerto.

Após a aquisição da Activision Blizzard, o CEO da divisão de jogos da Microsoft, Phil Spencer, acalmou a comunidade de jogadores ao mostrar interesse em manter Call of Duty nas plataformas rivais.

Numa partilha nas suas redes sociais, Spencer enalteceu o valor da relação que tem com a Sony nesta indústria e que irá honrar todos os acordos que a gigante nipónica tem com a sua recém aquisição, os estúdios da Activision Blizzard, que produzem e detêm os direitos da franquia Call of Duty.

Agora, uma nova notícia do portal Bloomberg torna estes acordos mais claros, deixando antever até que ponto Call of Duty irá manter-se nas plataformas da PlayStation, isto se eventualmente se tornar exclusivo ao ecossistema Xbox.

De acordo com a fonte, os acordos visam “pelo menos” os próximos três jogos da saga Call of Duty, o de 2022, 2023 e a sequela do atual Warzone, o jogo Free-To-Play que irá em breve transformar-se em Warzone 2, exclusivo para consolas e PCs da nova geração.

Estes três títulos terão, assim, lançamento nas plataformas onde Call of Duty sempre foi lançado – PC, consolas Xbox e consolas PlayStation -, com a grande probabilidade das plataformas da Sony terem também algum tipo de vantagem em conteúdos, como skins e acesso a itens exclusivos.

Apesar de termos uma espécie de confirmação a curto prazo, quase com a garantia que teremos um Call of Duty por ano, o futuro após 2023 é incerto, ano em que a aquisição da Activision Blizzard por parte da Microsoft ficará realmente concluída.

É expectável que uma grande parte do catálogo da Activision Blizzard se torne exclusivo da Xbox, um pouco à semelhança do que vimos pós-aquisição da Bethesda, onde Starfield e o futuro The Elder Scrolls serão exclusivos. Já outros títulos, cujos acordos com a Sony foram feitos anteriormente, foram mantidos, como a exclusividade temporária de Deathloop e Ghostwire: Tokyo na plataforma nipónica.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Relacionados

- Publicidade -

Mais recentes