Se tens um PC de jogos podes ajudar a combater a COVID-19

O projeto Folding@Home já existe há quase 20 anos, mas neste período complicado, a NVIDIA relembra todos os entusiastas que podem, a partir das suas casas, ajudar a combater a COVID-19.

- Publicidade -

Numa partilha nas suas redes sociais, a NVIDIA deixa um atalho para que todos possam usar as suas placas gráficas para ajudar na tarefa de descodificação do novo coronavírus.

foldingathome

Através do download da aplicação Folding@Home e de uma configuração simples, os utilizadores podem colocar os seus GPUs a usarem alguns dos recursos do seu processamento, que não esteja ser utilizado, para que possam fazer parte de uma super-rede, ou de um super computador. Fazendo isto serão capazes de aumentar o processamento de dados referentes a diferentes doenças em investigação, como é o caso do novo coronavírus, ao criar simulações da sua estrutura e de vários cenários de combate ao vírus.

Com os dados obtidos, os investigadores vão poder compreender melhor o comportamento do vírus e até desenvolver terapias, vacinas e outras formas de o combater.

Apesar do apelo da NVIDIA, o projeto Folding@Home funciona com todo o tipo de GPUs, embora sejam recomendados alguns equipamentos mais avançados e modernos para não comprometer o uso diário dos computadores.

Para conhecerem mais sobre o projeto, podem visitar a página oficial do Folding@Home e começar a ajudar.

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Sigam-nos

12,360FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
653SeguidoresSeguir

Relacionados

Reino Unido aprova dispositivo que faz teste à COVID-19 em 15 minutos

Foi criado especificamente para a indústria do entretenimento ao vivo.

Google Maps vai passar a mostrar todos os casos de COVID-19 detetados numa área

Algo especialmente útil caso estejam a pensar sair da cidade e necessitem de se atualizar sobre as diretrizes locais, locais de teste e restrições numa outra cidade.

Empresa portuguesa lança solução que permite receber os resultados do teste à COVID-19 no smartphone

Tal permitiu à Cruz Vermelha Portuguesa aumentar a capacidade de testes, na região de Lisboa, para 3.500 testes (colheitas e análises) por dia.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Crítica – Mank

Mank é uma homenagem bonita de David Fincher a Citizen Kane, que deixaria o seu pai tremendamente orgulhoso. Tecnicamente perto da perfeição, mas com alguns problemas narrativos.

Fórmula 1 – Grande Prémio do Bahrain mostra a importância do Halo

O impressionante acidente que deixou o carro de Romain Grosjean em chamas relembra a importância do Halo e de todas as medidas de segurança na prova rainha do desporto automóvel.

Análise – The Pathless

Despido de excessos, The Pathless apresenta um dos mundos abertos mais convidativos e misteriosos à exploração.