Projeto City Trees produziu mais de três toneladas de m3 de oxigénio em Lisboa

- Publicidade -

Lisboa foi a cidade piloto escolhida pelo DPDgroup para iniciar o projeto de descarbonização urbana.

qualidade do ar - Projeto City Trees

Lembram-se quando, no passado, referimos aqui no Echo Boomer que a DPD tinha instalado uma estrutura de madeira em Lisboa para melhorar a qualidade do ar, no que foi uma estreia mundial em Portugal? Pois bem, temos os primeiros resultados quatro meses depois.

O projeto-piloto City Trees gerou 3.6 toneladas de m3 de oxigénio em Lisboa em apenas quatro meses. As duas estruturas únicas de madeira foram “plantadas” na zona da Avenida da Ribeira das Naus em Lisboa em setembro de 2020 e retiradas no início de janeiro deste ano.

As City Trees, equipadas com diferentes tipos de musgo que limpam o ar e produzem oxigénio para até 7.000 pessoas por hora, por unidade, têm integrada uma tecnologia IoT com sensores que permitem recolher informação, de forma exaustiva, sobre o estado dos equipamentos, além de fornecer dados em tempo real sobre o ambiente e a qualidade do ar em redor dos mesmos.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Relacionados

- Publicidade -

Mais recentes