Passa a ser possível aceder a eventos de grande dimensão com autotestes

Já os recuperados de Covid ou vacinados com dose de reforço nem precisam de fazer nada.

- Publicidade -

Na semana passada, quando António Costa falou ao país para dar conta das mais recentes medidas de combate à pandemia, ficámos a saber que, para aceder a grandes eventos, passava a ser necessário teste negativo obrigatório à COVID-19 para quem não tivesse levado dose de reforço há mais de 14 dias.

Ora, este domingo, dia 9 de janeiro, a DGS atualizou a orientação 014/2021, relativa a eventos de grande dimensão (desportivos, culturais, corporativos e outros), para explicar com mais detalhe este requisito.

Para já, não será preciso um teste de farmácia, pois serão permitidos os autotestes (realizados no momento, à porta do local) para acesso a eventos de grande dimensão. Por eventos de grande dimensão consideram-se “aqueles que reúnam ou possam reunir a partir de cinco mil pessoas em local aberto ou de mil pessoas em local fechado”.

Mas há exceções. Estão dispensados de apresentação de teste aqueles que apresentarem certificado de recuperação à COVID, bem como as pessoas que tenham sido vacinadas há pelo menos 14 dias com uma dose de reforço. Menores de 12 anos também estão dispensados de apresentação de teste negativo.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Afinal, os autotestes vão servir para entrar em restaurantes ou eventos nos dias de Natal e ano novo

Mas atenção: tem de ser feito no local, supervisionado por algum funcionário ou responsável do espaço em questão.

Fórmula 1 – Max Verstappen sagra-se Campeão do Mundo ao vencer o Grande Prémio de Abu Dhabi

Dia feliz para a Red Bull, que viu Max Verstappen e o seu monolugar cruzarem a linha da meta em primeiro lugar no Grande Prémio de Abu Dhabi.

Fórmula 1 – Grande Prémio do Qatar leva Alonso ao pódio. Sim, Hamilton ganhou e a emoção continua

Lewis Hamilton conseguiu a pole para o Grande Prémio do Qatar e Max Verstappen até conseguiu o segundo lugar na grelha de partida. No entanto, a FIA decidiu intervir...

Fórmula 1 – Grande Prémio de São Paulo: Três dias que mostraram porque é que Hamilton é sete vezes campeão do mundo

Desta vez era o público brasileiro que enchia as bancadas do Autódromo José Carlos Pace em Interlagos, São Paulo. E que espetáculo que presenciaram. Lewis Hamilton conseguiu mostrar, no Grande Prémio de São Paulo, o porquê de ser sete vezes campeão do mundo. Depois de uma desqualificação na qualificação para a Sprint e uma penalização de cinco lugares para a corrida, conseguiu acabar 10 segundos à frente do líder do campeonato, Max Verstappen.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes