fbpx

Pode ser mais fácil fazer jogos para a PlayStation 5

É já em 2020 que a próxima consola da Sony vai chegar ao mercado. E ao que tudo indica, fazer jogos para a nova máquina vai ser mais fácil.

Quem o diz é o CEO da Sony Interactive Entertainment, Jim Ryan, que, em conversa para a GamesIndustry.biz, comenta o feedback de produtores e distribuidores que já começaram a trabalhar em jogos da próxima geração.

Uma coisa que me deixa particularmente otimista e que temos estado a ouvir de distribuidores e produtores é a facilidade com que têm conseguido por código a correr na PlayStation 5, que é muito maior do que qualquer experiência que tiveram com outras plataformas da PlayStation,” comenta Ryan.

Além desta partilha, Jim Ryan revelou também que a Sony vai aproximar as diferentes divisões do Japão, Europa e Estados Unidos para que possam trabalhar em conjunto de forma mais coerente para o lançamento da PlayStation 5, em particular no que toca ao marketing, algo com o qual os mais recentes títulos da PlayStation 4 têm beneficiado bastante, como por exemplo Marvel’s Spider-Man, que bateu recordes de vendas na consola.

Sobre o Homem-Aranha, Ryan comenta também a aquisição da sua produtora, a Insomniac Games, ao indicar que a Sony está sempre à procura de novos estúdios para se juntarem à família PlayStation. “Estamos sempre à procura, mas temos que ter cuidado com o que procuramos e com quem falamos,” comenta. “Há sempre espaço para mais nessa área, mas temos que ter a certeza que a empresa é a certa.”

As novidades sobre a PlayStation 5 vão, assim, pingando pouco a pouco, com um anúncio mais espetacular a caminho, lá para o início de 2020.

- Publicidade -

Afiliados

Sigam-nos

10,779FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
629SeguidoresSeguir

Media Partner

Relacionados

- Publicidade -

Mais Recentes

King C. Gillette. Nova marca apresenta-se como a “mais completa de produtos para homens com pelo facial”

A nova marca da P&G inclui 11 produtos essenciais para aparar, barbear e cuidar do pelo facial.

A Amazon lançou um novo Fire Stick e atualizou um dos já existentes

Mas há um problema: a Amazon não está a enviá-los para Portugal.