fbpx

Pingo Doce e Takeaway.com alargam zonas de entrega de refeições ao domicílio em Lisboa

Tinham por hábito almoçar nos restaurantes Pingo Doce, mas agora não o podem fazer devido à Covid-19? Nada temam. A marca e a Takeaway.com alargaram as zonas de entrega de refeições ao domicílio em Lisboa, estando agora disponíveis em todo o centro da capital e também em Telheiras, Benfica, Alvalade, Lumiar, Campo Grande, Alameda e Bela Vista.

refeições ao domicílio

Fora de Lisboa, o serviço de entregas é feito em Odivelas.

Estão disponíveis vários pratos de comida tradicional portuguesa, como arroz de pato (5,99€/dose), bacalhau espiritual (5,99€), frango assado (10,99€ – frango inteiro, arroz, batatas e bebida), salsicha silesiana (3,99€/2 unidades + arroz), lombo de porco fatiado (6,49€), entre outros pratos.

Fazem também parte do “menu” algumas bebidas e sopas.

É muito simples efetuarem encomendas. Basta que acedam à aplicação ou ao site da Takeaway.com e, a partir daí, escolherem que pratos desejam receber em casa. O pagamento é feito online e, quanto às entregas, são feitas sem qualquer contacto físico, sendo deixadas à porta do cliente.

- Publicidade -

Afiliados

Sigam-nos

10,778FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
628SeguidoresSeguir

Media Partner

Relacionados

Pingo Doce lança livro de receitas para combater o desperdício alimentar

Não é só a Too Good To Go e Phenix que se preocupam com o desperdício alimentar.

Pingo Doce e Takeaway.com alargam zonas de entrega de refeições ao domicílio no Porto

Depois da Grande Lisboa, é a vez dos habitantes do norte poderem receber refeições da marca do Grupo Jerónimo Martins em casa.

Mercadão faz entregas do Pingo Doce em cada vez mais cidades

O Mercadão aposta com força no Projeto Expansão 2020.
- Publicidade -

Mais Recentes

Celebra o aniversário do Batman com o LEGO do seu Batwing

O novo set de coleção é inspirado no icónico veiculo do filme de 1989.

Câmara Municipal de Lisboa vai continuar a apostar em água reutilizada para lavar as ruas e regar espaços verdes

A Câmara Municipal de Lisboa aprovou a proposta para a construção da Rede de Água Reutilizada de Lisboa na Zona Ribeirinha e Bairro Alto.