fbpx

Anunciados os três primeiros nomes para o palco Somersby do Super Bock Super Rock

O palco instalado na Sala Tejo da Altice Arena passa a ser conhecido como Palco Somersby e fará com que os festivaleiros entreguem o corpo às propostas mais dançantes, entre live sets e concertos.

Será “um palco do outro mundo” – em linha com o conceito criativo e com o mood da marca – para acompanhar os festivaleiros citadinos numa viagem envolvente e vibrante às novas tendências mundiais e às diferentes sonoridades da música que se dança.

Para já, foram anunciados três nomes: Sofi Tukker, Mahalia e Pierre Kwenders.

O sucesso dos Sofi Tukker começou quando o tema “Drinkee” foi utilizado num anúncio da Apple. A canção foi ouvida mais de 20 milhões de vezes no Spotify e foi nomeada para um Grammy na categoria de Melhor Música de Dança. Já o EP Soft Animals veio confirmar os créditos, com temas tão fortes como “Matadora” ou “Awoo”, exemplos de uma eletrónica que tanto convida à dança como à contemplação, bem próxima do indie pop. Os Sofi Tukker atuam no dia 21 de julho e, até, lá, devem lançar o disco de estreia, Treehouse.

Quanto a Mahalia Burkmar, é uma jovem que nasceu em Leicester, no ano de 1998. Quando completou 13 anos, a jovem cantora assinou o seu primeiro contrato com a editora Asylum Records. Colaborou com a banda eletrónica Rudimental e já acompanhou artistas como Ed Sheeran ou Kendrick Lamar. Diary of Me é o primeiro álbum e tem uma atmosfera pop, mas também tem vontade de explorar outras linguagens, mais próximas do hiphop (ouça-se, por exemplo, o single “Sober”). A jovem atua no dia 19 de julho.

Já José Louis Modabi é Pierre Kwenders para o mundo da música, uma autêntica pérola capaz de juntar rumba congolesa, r&b, pop, rock, gospel e muitos outros géneros, oferecendo um som difícil de definir, um grito que parece chegar das profundezas do mundo. Depois dos EPs Whiskey & Tea e African Dream, Pierre Kwenders editou o primeiro disco em 2014. Le Dernier Empereur Bantou foi bem recebido pelo público e pela crítica, o que lhe permitiu sedimentar a sua fama no Canadá e também crescer internacionalmente. O caminho continua com o novo disco, “MAKANDA at The End of Space, the Beginning of Time“, editado em 2017. O tema “Sexus, Plexus, Nexus”, uma homenagem ao escritor Henry Miller, está carregado de sensualidade e mostra o melhor de Pierre Kwenders, algo que poderemos comprovar no dia 20 de julho.

Até agora, o Super Bock Super Rock tem confirmados os nomes de The xx, Justice, Lee Fields & The Expressions, TORRES, Mahalia Burkmar e The Vaccines (19 de julho), Travis ScottAnderson .Paak & The Free Nationals, Slow J, Tom Misch, Oddisee, Pierre Kwenders e Olivier St. Louis (20 de julho) e Julian Casablancas & The Voidz, Benjamin Clementine, SevdalizaBaxter Dury, Sofi Tukker e Jorja Smith (21 de julho).

O Super Bock Super Rock decorre de 19 a 21 de julho no Parque das Nações, em Lisboa, e os bilhetes já estão à venda por 55€ (bilhete diário) e 109€ (passe de três dias). Está ainda disponível o Fã Pack FNAC de Natal em quantidade limitada por 95€, que inclui o passe de três dias e uma t-shirt oficial. Há ainda opção de bilhete diário VIP (150€) e passe de três dias VIP (260€), que dá acesso à área reservada na frente do palco e, claro, acesso à zona VIP.

Os preços apresentados ficam ativos ao dia 30 de junho. A partir de 1 de julho, o bilhete diário passa a 60 euros e o passe de três dias passa a 114 euros. Já o bilhete diário VIP passa a 155 euros e o Passe VIP a 265 euros.


- Publicidade -

Afiliados

Sigam-nos

10,783FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
630SeguidoresSeguir

Media Partner

Relacionados

- Publicidade -

Mais Recentes