Afinal, os pagamentos à EMEL estarão suspensos enquanto existir confinamento

Quer isto dizer que a suspensão atualmente em vigor não terminará, como previsto, no final de fevereiro.

estacionamento
- Publicidade -

No passado mês de janeiro, a Câmara Municipal de Lisboa anunciou que os pagamentos do estacionamento na via pública à EMEL estariam suspensos até 28 de fevereiro, numa medida que faz com que os condutores não tenham que contactar com parquímetros e equipamentos, possíveis focos de contágio de Covid-19.

Pois bem, essa suspensão de pagamentos irá prolongar-se durante mais algum tempo, pelo menos enquanto houver confinamento.

“Enquanto as condições do confinamento se mantiverem esta suspensão também se mantém”, indicou fonte oficial do gabinete do vereador da Mobilidade, Miguel Gaspar, à Agência Lusa.

Os residentes com dístico continuam, assim, a poder “estacionar gratuitamente em qualquer parque” da EMEL. Os dísticos que estivessem válidos em 15 de janeiro estão agora válidos até 31 de março.

Apesar desta novidade, os fiscais da EMEL vão continuar a salvaguardar a qualidade do espaço público e a mobilidade dos peões, fiscalizando o cumprimento do código da estrada, nomeadamente no que diz respeito ao estacionamento no passeio ou na passadeira.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

EMEL inaugura terceira ilha de carregamento rápido para veículos elétricos em Lisboa

Atualmente, a EMEL dispõe de um total de 26 Postos de Carregamento de Veículos Elétricos.

EMEL disponibiliza avenças mensais para residentes em Lisboa em diversos parques de estacionamento

Caso a procura seja superior à disponibilidade de lugares, haverá lugar a sorteio entre os interessados.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Portugueses consomem duas vezes mais calorias do que o recomendado

Os dados revelados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) levaram a Ordem dos Nutricionistas a pedir medidas ao Governo. Há...

The Lightbringer – Uma aventura poética

Um jogo de plataformas interessante com algumas escolhas de design que o tornam num produto bizarro.

Suicide Squad: Kill the Justice League com direito a trailer de história

Suicide Squad está de regresso numa aventura virtual com uma missão impossível.