EMEL suspende pagamentos até final de fevereiro

Contudo, os fiscais da EMEL vão continuar a fiscalizar o estacionamento no passeio ou na passadeira.

estacionamento
- Publicidade -

De modo a que as pessoas não tenham que contactar com parquímetros e equipamentos, possíveis focos de contágio de covid-19, embora exista sempre a app oficial, eis que a Câmara Municipal de Lisboa acaba de suspender o pagamento do estacionamento na via pública à EMEL.

Esta medida entra em vigor amanhã, dia 25 de janeiro, e estará em funcionamento até 28 de fevereiro.

Assim, os residentes com dístico podem passar a estacionar gratuitamente em qualquer parque da EMEL. E todos os dísticos de residentes ou comerciantes ativos até 15 de janeiro, e que entretanto caducavam, veem a sua data de validade prolongada até ao dia 31 de março de 2021.

Mas atenção. Os fiscais da EMEL vão continuar a salvaguardar a qualidade do espaço público e a mobilidade dos peões, fiscalizando o cumprimento do código da estrada, nomeadamente no que diz respeito ao estacionamento no passeio ou na passadeira.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

EMEL disponibiliza avenças mensais para residentes em Lisboa em diversos parques de estacionamento

Caso a procura seja superior à disponibilidade de lugares, haverá lugar a sorteio entre os interessados.

EMEL abre novas estações da rede de bicicletas partilhadas Gira

A partir de hoje, Lisboa passa a ter 88 Estações Gira em operação, que representam um total de aproximadamente 1.600 docas para bicicletas.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes