A Padaria Portuguesa passa a utilizar embalagens de cartão nas lojas

Desde o final de 2019 que A Padaria Portuguesa tem vindo a eliminar os descartáveis das suas lojas, algo que não é de admirar, dado que novas regulamentações para os plásticos descartáveis entraram em vigor. Na prática, significa que, até 2021, as empresas têm de encontrar soluções para não mais usarem estes materiais.

- Publicidade -

A Padaria Portuguesa é uma das empresas que já trabalha em soluções e, na renovada loja da Avenida Duque D’Ávila, em Lisboa, já não tem embalagens de plástico descartáveis, mas sim de cartão. No entanto, como estas novas embalagens são biodegradáveis, não são recicladas nem recicláveis, e isso deve-se ao facto da empresa necessitar de uma percentagem mínima de revestimento para garantir a impermeabilização e a não-passagem de gorduras ou líquidos aquando do transporte.

Em todo o caso, esta é uma novidade que deverá chegar a todas as lojas do grupo na Grande Lisboa até ao final do primeiro trimestre deste ano.

Além disso, a empresa renovou as embalagens de take-away, bem como copos e talheres, que foram substituídos por bambu. Além disso, já não existem palhinhas nestas lojas, uma vez que deram lugar a tampas com abertura para beber diretamente, feitas de bioplástico de origem vegetal e reciclado como plástico misto.

Porém, há já quem se queixe das novas embalagens, uma vez que existem clientes que referem nas redes sociais que a quantidade diminuiu drasticamente com o novo packaging.

Sabe-se também que, entretanto, a Padaria Portuguesa irá abrir uma loja no Almada Fórum já em fevereiro.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Sigam-nos

12,987FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
784SeguidoresSeguir

Parceiros

Relacionados

Mercadona passa a vender as suas pizzas em embalagens com plástico reciclado e reciclável

A cadeia espanhola está a levar a cabo a sua Estratégia 6.25 para a redução de plástico e a gestão dos resíduos e investirá neste plano mais de 140 milhões de euros até 2025.

Projeto TransforMAR permitiu recolher mais de 47 toneladas de plástico das praias portuguesas

O plástico recolhido foi convertido em donativos monetários para apoiar 15 IPSS selecionadas pelas autarquias que acolheram o projeto.

Continente incorpora 25% de plástico reciclado nas garrafas de água de marca própria

Tal vai permitir poupar 400 toneladas de plástico virgem por ano.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

La Picanha ganha novo espaço em Setúbal já em maio

Vai ter uma mega esplanada, o que é ótimo tendo em conta a pandemia.

Fórmula 1 – Grande Prémio de Emilia Romagna com emoção até à última volta

Depois de 15 dias de pausa, a prova rainha do desporto automóvel está de regresso para o Grande Prémio de Emilia Romagna, em Itália.

Análise – Creative Stage V2

Uma barra de som com um subwoffer dedicado que, em conjunto, podem fazer maravilhas para quem tem televisores mais antigos.