O género “comédia romântica” é mau ou nós é que somos preconceituosos?

Como sou uma pessoa moderada que raramente se exalta, direi que a responsabilidade é de ambos. Por um lado, há pouco esforço por parte daqueles que fazem comédias românticas. Por outro lado, quando existe qualidade neste tipo de produto, muitos “cinéfilos” preferem dizer que não gostam. Na verdade até gostam, apenas são demasiado inseguros para o admitir.

- Publicidade -

É fácil dizer que o que está mal com as comédias românticas são os clichés. Mas não creio que seja isso. Prova disso é o filme A Star is Born: uma história que fez imenso sucesso, mas não é original em nenhum aspeto. Para além de ser um remake, quantas vezes já não torcemos pelo underdog (que no caso foi a personagem da Lady Gaga)? Quantas vezes já não assistimos à jornada do herói complicado (representado no filme pelo Bradley Cooper)? E acima de tudo, quantas vezes é que já vimos filmes sobre histórias de amor?

Embora tenha gostado do filme, a verdade é que é mais do mesmo. É um cliché dentro dum cliché. E por mais estranho que pareça, é por causa disso que funciona. Podemos dizer que detestamos clichés, mas na realidade gostamos deles porque nos identificamos. A vida real é um imenso cliché. O problema é que muitas comédias românticas replicam clichés que só existem no cinema.

Mas quem é que alguma vez teve uma luta de almofadas recheadas com penas de ganso? Qual é a mulher que basta respirar para tropeçar? E o mais irritante de todos: Até quando é que nos vão tentar convencer de que uma atriz extremamente bonita a usar óculos e um rabo-de-cavalo é feia?

Todavia, o problema não acaba aqui, e extravasa para a parte cómica destes filmes. Porque é que Hollywood insiste em contratar escritores que têm o sentido cómico duma uva-passa?

Enfim, o que posso concluir é que o género “comédia romântica” não é necessariamente mau. Existem vários filmes do género que cumprem bem o seu papel. Alguns exemplos disso são: Como perder um homem em 10 dias; De repente, já nos 30!; Don Jon; Hitch – Conselheiro Amoroso; 10 coisas que odeio em ti; entre outros.

É certo que alguns destes filmes têm premissas parvas. Porém sabem levá-las a bom porto, e é isso que importa. Portanto, não se envergonhem se gostarem deste tipo de entretenimento.

E já que estamos a falar do assunto, estejam à vontade para partilhar as vossas preferências. Isto aqui é um círculo seguro, só eu e o resto da Internet é que vamos ler os vossos comentários.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Sigam-nos

12,987FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
785SeguidoresSeguir

Parceiros

Relacionados

Mortal Kombat e Nomadland entre os filmes que vão estar no cinema a partir de 19 de abril

Falta menos de uma semana para algo que os portugueses desejam há bastante tempo: a possibilidade de ver um filme no grande ecrã.

Crítica – Voyagers

Voyagers possui uma fórmula bem-sucedida de ficção científica e leva-a por um caminho de desenvolvimento desinteressante, nada surpreendente e frustrantemente genérico.

Filmes icónicos estreiam este mês na HBO Portugal

Começando em Parasites, passando por Forrest Gump e A Beautiful Mind, há muito por onde escolher.

IndieLisboa com datas para regressar este ano

O festival regressa às salas habituais no fim do verão.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Há 11 novos tokens de criptomoedas disponíveis na Revolut

Agora, a oferta é de 21 tokens para todos os utilizadores.

Mercadona passa a vender as suas pizzas em embalagens com plástico reciclado e reciclável

A cadeia espanhola está a levar a cabo a sua Estratégia 6.25 para a redução de plástico e a gestão dos resíduos e investirá neste plano mais de 140 milhões de euros até 2025.

7UP está a oferecer bilhetes para o Rock in Rio Lisboa

Além dos bilhetes para o Rock in Rio Lisboa, há também vouchers FNAC, guitarras e colunas de som para ganhar.