O cinema volta a ser adiado, com mais atrasos nas estreias

Os cinemas abrem, mas os filmes continuam na gaveta.

Mulan

Desde o início da grande pandemia de 2020 que o cinema tem tido a vida difícil, desde salas fechadas, sessões limitadas, passando pela falta do que é importante, novas estreias.

Na tentativa de não agravar o problema ao convidar as audiências a juntarem-se nos cinemas, juntamente com o interesse em tornar as estreias o mais rentáveis possíveis, foram vários os estúdios que voltaram a adiar as estreias dos seus filmes devido ao atual desenvolvimento da pandemia um pouco por todo o mundo.

Recentemente, a Warner Bros. puxou a ficha ao muito antecipado Tenet, que ficou sem data de estreia, mas que está ainda a caminho dos cinemas já este ano. Agora, há mais estúdios que decidiram adiar os seus filmes, alguns com datas definidas e outras provisórias, num ajuste que tem implicações até, pelo menos, 2028.

Mulan, Avatar e Star Wars empurrados para o futuro

Começando pela Disney, a gigante do entretenimento removeu Mulan da sua agenda. O filme, que estava atualmente previsto para chegar em agosto, ficou sem data definida, aumentando, assim, a especulação de que poderá ser lançado em serviços como o Disney Plus, ainda que a Disney afirme que tal não vai acontecer.

Além de Mulan, a Disney adiou também as sequelas de Avatar, que continuam a avançar no tempo, agora com lançamentos dos seus próximos quatro filmes para dezembro de 2022, 2024, 2026 e 2028, datas essas que vão intercalar com outra propriedade que também viu as datas avançar por um ano. Falamos da saga Star Wars, que terá novos filmes em 2023, 2025 e 2027.

De resto, do catálogo principal da Disney, tudo parece manter-se mais ou menos no sítio, incluindo o também atrasado The New Mutants, que parece continuar na mira de final de agosto.

Spider-Man 3 com nova data

Podia ser da Disney/Marvel, mas a notícia chega pela Sony Pictures, que também adiou o próximo filme de Spider-Man, com Tom Holland, mas só por um mês.

Inicialmente marcado para 5 de novembro de 2021 em território internacional, o filme do popular herói da Marvel desliza para 17 de dezembro do mesmo ano, ocupando aquele que seria o lugar da primeira sequela de Avatar. Para já, o filme não tem título e ainda não começou a ser filmado devido a conflitos de agenda de Tom Holland e da atual situação global, o que significa que poderá haver mais atrasos no futuro.

A Quiet Place 2 e Top Gun: Maverick só em 2021

A Paramout Pictures juntou-se à “Delay Party” e trocou as voltas aos fãs de A Quiet Place e de Top Gun, que inicialmente iriam estrear este ano e que, agora, apontam para 2021.

Com data marcada para setembro, a sequela de A Quiet Place chegará, assim, em abril de 2021. Já Top Gun: Maverick, que voava até ao grande ecrã em dezembro, aterra agora no verão de 2021, no início de julho.

Tal como todos os adiamentos anteriores, é possível que as estreias voltem a ser empurradas, até para aqueles filmes que já têm datas definidas para o final deste ano. O futuro da sociedade continua incerto e, como tal, também o dos cinemas.

Fonte:EW

Sigam-nos

10,843FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
632SeguidoresSeguir

Relacionados

Crítica – Star Wars: Ahsoka (Livro)

O universo Star Wars é gigantesco e fantástico para todos os que exigirem mais dele, para além dos filmes e séries. O livro Ahsoka Tano contém uma daquelas histórias cuja leitura vale a pena.

Porto/Post/Doc 2020 já tem datas para acontecer ao Porto

A edição deste ano terá como tema central A Cidade do Depois.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Franquia Power Rangers vai ganhar filmes e séries à semelhança do MCU

O objetivo é ter um universo que se conecta ao longo das diversas adaptações, seja para o grande ou pequeno ecrã.

Análise – Xiaomi Mi True Wireless Earphones

Apesar do design um pouco mais robusto e a curta autonomia apresentada, o preço dos Xiaomi Mi True Wireless Earphones faz com que sejam uma opção a ter em conta.