O Cinema da Villa reabre portas a 15 de junho

Ou seja, já na próxima segunda-feira.

O Cinema da Villa
- Publicidade -

Nas próximas semanas, é expectável que todas as salas de cinema do país voltem a funcionar. As do Castello Lopes Cinemas já estavam a funcionar, bem como as do UCI Arrábida 20 e Cinema City Alvalade. Agora, há mais um cinema a anunciar reabertura.

Falamos d’O Cinema da Villa, que reabrirá portas já na próxima segunda-feira, dia 15 de junho. E como seria de esperar, reabre com filmes que estrearam esta semana no cinema: Os Tradutores, Quarto 212 e O Meu Espião.

Além disso, terão ainda em cartaz os filmes Retrato da Rapariga em Chamas, Os Melhores Anos da Nossa Vida, Family Romance e outros orientados para programas em família, como Bora Lá, Academia Cranston: Cenas Monstruosos e Sonic: O Filme. E sim, continuam com sessões de manhã ao fim de semana.

Em relação aos filmes d’A Grande Arte no Cinema, estamos, juntamente com a Festa do Cinema Italiano, a procurar novas datas para que possamos continuar a exibir estes documentários que tanto sucesso fazem junto dos nossos espectadores. De modo a cumprir com todas as medidas de segurança e higiene decidimos que, em vez de exibir somente durante três dias, estes filmes passarão a fazer parte da programação semanal normal, ou seja, serão exibidos todos os dias.

De resto, O Cinema da Villa adoptou todas as medidas e higiene e segurança necessária, pelo que podem ir às salas de cinema com toda a tranquilidade.

- Publicidade -

Parceiros

Relacionados

Nova trilogia de O Exorcista vai chegar ao cinema

E imagine-se, vai contar com a participação de Ellen Burstyn, que entrou no filme original de 1973.

Mini-Críticas Cinema – Edição 2021

Normalmente preparo este tipo de artigo perto do final de cada ano com mini-críticas que fui guardando de alguns filmes para os quais não tive tempo de escrever uma opinião mais extensa.

1618 é o filme português mais premiado de sempre

1618 ainda não tem data de estreia em Portugal, dada a pandemia em curso.

Crítica – F9: The Fast Saga

F9: The Fast Saga leva as suas sequências de ação absurdamente ridículas a níveis inacreditavelmente intoleráveis, tudo enquanto tenta contar uma história demasiado longa, confusa e nada criativa em torno de um dos clichés mais genéricos do cinema.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Afinal, os bares podem funcionar já a partir de 1 de agosto

Desde que apliquem as regras dos restaurantes.

Governo anuncia três fases para a “libertação”. Discotecas poderão voltar a funcionar em outubro

Espera-se que, em finais de outubro, 85% da população portuguesa esteja totalmente vacinada.

Trust coloca o jogo nas nossas mãos com dois novos ratos

Conheçam o GXT 922 Ybar e o GXT 131 Ranoo.