Novocine é a nova plataforma de streaming portuguesa completamente gratuita

- Publicidade -

E aposta no bom que se faz na sétima arte, em português.

Sendo ou não fã de cinema português, qualquer cinéfilo deve apoiar o que de bom se faz em Portugal.

E considerando a fraca existência de cinema nacional nas grandes plataformas de streaming, além dos custos associados, Afonso Mota e Madalena Fragoso — dois cineastas portugueses que se têm dedicado à produção e realização de filmes independentes —, lançaram no passado dia 29 de setembro a Novocine. Esta é uma plataforma de streaming gratuita, que não pede registo e onde todos são livres de partilhar as obras que lá vão sendo disponibilizadas.

Como explicam os fundadores no site, a plataforma surge para criar um acesso contínuo a uma variedade de obras realizadas por cineastas e artistas visuais de língua portuguesa, celebrando novas vozes ao lado de redescobertas, reunindo-as num arquivo aberto em constante desenvolvimento.

O objetivo é divulgar filmes independentes que não tiveram muitas oportunidades de serem vistos pelo público. Na Novocine não há restrição de género cinematográfico ou duração, sendo que a plataforma funciona como um arquivo aberto, ao alcance de qualquer espetador.

A cada 20 dias, a sala de cinema online irá disponibilizar um novo filme, fazendo com que o anterior desapareça, mas não permanentemente. Com a intenção de ser um arquivo online de cinema, no separador com esse mesmo nome ficará disponível o conteúdo extra a ele associado, além da sinopse e ficha técnica.

Neste momento, o filme disponível – e o primeiro – é A Casa dos Cães, uma obra de 2019, realizada por Madalena Fragoso, a fundadora do Novocine, e Margarida Meneses. Poderá ser visto até dia 17 de outubro, data em que chegará outro filme à plataforma.

O nome do segundo filme ainda não foi revelado, apesar de já estarem planeadas as exibições dos seis próximos meses. Os fundadores revelam, no entanto, que o título vem do Brasil, passa-se noutra época, é uma longa-metragem e “altamente diferente“.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Relacionados

- Publicidade -

Mais recentes