Novo Amor volta a Portugal em 2022 para dois concertos

O projeto de Ali Lacey regressa ao nosso país em abril do próximo ano.

- Publicidade -

Foi em 2019 que Ali Lacey, o artista que dá voz a Novo Amor, esteve pela última vez em Portugal, na altura em maio desse ano, com um concerto esgotado no LAV – Lisboa ao Vivo. Pois bem, muito em breve vão poder matar saudades do artista.

A promotora Everything is New anunciou agora o regresso produtor, multi-instrumentista, cantor e compositor de Cardiff ao nosso país, com dois concertos agendados para 2022: 21 de abril na Aula Magna, em Lisboa, e no dia seguinte, 22 de abril, no Hard Club, no Porto.

O mote deste regresso é o novo álbum Cannot Be, Whatsoever. A sua criação começou quando Lacey regressou ao País de Gales e pôde finalmente assentar após 18 meses em estrada para a apresentação mundial do álbum de estreia, Birthplace. Embora o prazer de lançar este trabalho universalmente amado e as incríveis experiências de estar na estrada tenham contribuído significativamente para o segundo trabalho, há também uma sensação de peso e uma solenidade quase inconsciente que nasce do silêncio e a calma de estar em casa.

No final das contas, Cannot Be, Whatsoever é um registo comovente, pensativo, mas otimista sobre como seguir em frente com o que se perde e celebrar tudo o que se tem.

Os bilhetes para os concertos já estão à venda, variando entre os 24€ e os 30€ para Lisboa e tendo um custo fixo de 24€ para o Porto.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Festival Sónar chega a Portugal pela primeira vez em 2022

A primeira edição será anunciada oficialmente em junho.

Concerto dos Iron Maiden em Portugal adiado para 2022

Uma consequência do adiamento da tour Legacy of the Beast, reagendada para o próximo ano.

Russ de regresso a Portugal em 2022

O rapper norte-americano vai atuar na Altice Arena, em Lisboa.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Há um novo restaurante Burger King em Alcochete

É o primeiro na zona e o 10º no distrito de Setúbal.

Serviços públicos essenciais obrigados a ter linhas telefónicas gratuitas

As empresas têm agora até ao próximo dia 1 de novembro para fazer cumprir este decreto-lei.