Carta de Inverno no Refeitório do Senhor Abel e novo serviço Chakall em Casa – Novidade e comodidade

Tivemos a oportunidade de provar algumas das novidades para a saison de Inverno, com natural inclinação pelos produtos da época.

Refeitório do Senhor Abel
- Publicidade -

Dia de visitar Marvila, o habitat natural dos vários espaços do universo Chakall, o argentino que largou o jornalismo e queria dar voltas ao mundo de moto, mas acabou por ficar em Portugal. E marcar o panorama gastronómico do país.

Falar do Refeitório do Senhor Abel é falar das criações de Roberto Mezzapelle, o pizzaiollo siciliano que procura constantemente colocar novas opções no menu do restaurante. Aquelas com maior sucesso junto do público costumam entrar nos pratos fixos. Para esse feito, tivemos a oportunidade de provar algumas das novidades para a saison de Inverno, com natural inclinação pelos produtos da época.

Para inciar, e como é costume, as entradas. No caso, o Venere (12,95€) – com arroz do mesmo nome, de origem chinesa e culto até hoje em Itália, puré de batata doce, creme balsâmico, salmão fumado, abacate, sésamo, parmesão e tempero de cítrico. De extrema suavidade no conjunto. Também a Terra Nostra (11,50€), prato que presta homenagem às tradições da Sicília com a combinação da Peperonata – preparação de pimentos bem saborosa, numa excelente combinação com burrata e salsa. Recomenda-se.

Em seguida, e a contar pelos principais (classificação que, no fundo, pouco importa), degustou-se a Pizza del Nonno (13,50€), com uma original base de Grano Arso (variedade típica de farinha com origem na Puglia, com uma torra superior ao habitual), creme de abóbora, mozzarella, cebola roxa, queijo de cabra, noz tostada, tomate cherry em confit, figo seco e bacon. Quem quiser provar bases de farinha fora do trivial, tem aliás aqui um templo.

Os adeptos do gnocchi, onde consta o escriba, têm no Gnocchi 4 Formaggi (8,50€) um excelente argumento para se deslucarem ao Refeitório do Senhor Abel ou encomendarem para receber o prato em casa. Saborisíssimo, com os queijos a envolverem de forma aveludada a massa com base em batata. A definição de clássico.

Por fim, para adoçar a boca chegaram a La Dolcezza Del Bosco (5,00€), cheesecake de frutos vermelhos com base irrepreensível e, em especial, os Cannoli Sicilianos (2,50€ por unidade), típicos da Sicília, imortalizados no Padrinho III e, nesta versão, ajustados aos gostos portugueses.

Outro dos pontos fortes do Refeitório é a programação de noites temáticas e música ao vivo, agora naturalmente limitada. Assim, logo que possível, estarão de volta os Domingos ao jantar com música e direito a aperitivo e tábua de enchidos e queijos italianos. Esta iniciativa diferenciadora será retomada assim que os horários de fim-de-semana à noite assim o permitam.

Todos os pratos, e muitos outros presentes na carta do Refeitório, encontram-se disponíveis em formato take away (com levantamento no espaço do restaurante) ou entrega em casa através do serviço Chakall em Casa ou pela Uber Eats.

Quanto à quadra do Santo Natal, o mais estranho de que há memória, o Refeitório do Senhor Abel estará a funcionar à hora do almoço com carta normal e alguns pratos especiais no dia 24 de dezembro à hora de almoço. Dia 25 irá estar aberto ao almoço e jantar com horários normais de funcionamento. No pós-Natal, dia 26, existirá almoço em funcionamento normal, mas o jantar funcionará apenas em take away.

Para acabar, quanto ao réveillon, 31 de dezembro, haverá – tanto quanto se saberá ao dia de hoje – almoço em horários normais e, ao jantar, música ao vivo e garrafa de espumante por mesa (os restaurantes têm de fechar às 22h30). No Dia de ano novo, que se espera muito melhor que o atual, o espaço residente nos históricos armazéns Abel Pereira da Fonseca funcionará ao almoço, até às 15h30.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Sigam-nos

13,056FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
790SeguidoresSeguir

Parceiros

Relacionados

- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Crítica – Spiral: From the Book of Saw

Spiral pode oferecer sangue, gore e armadilhas/homicídios brutais o suficiente para os fãs da franchise, mas no geral, não deixa de ser apenas mais uma versão preguiçosa e previsível da fórmula de SAW.

Setúbal. Bairro Cool aposta na tradição, essência e história do famoso Bairro Troino

Até outubro, vão decorrer várias iniciativas no Bairro Troino, desde as Happy Friday's, a eventos de requalificação da zona histórica, Santos Populares, Mercados, entre outros.