IRS. Não é necessário declarar a conta Revolut

Ao preencherem a declaração de Rendimentos referente a 2019, não têm de declarar o IBAN da conta Revolut.

Revolut
- Publicidade -

Quem o diz é a própria Revolut, referindo que continua a receber muitas questões de portugueses, inseguros sobre se é necessário ou não declarar a titularidade sobre contas Revolut.

E não, não é mesmo necessário declarar a conta Revolut do IRS. Segundo esclareceu a Autoridade Tributária e Aduaneira, não tendo a Revolut operado enquanto instituição de crédito/banco em 2019, as respetivas contas são consideradas contas de pagamento e, como tal, os contribuintes detentores das mesmas não estarão obrigados a declará-las no Anexo J da Declaração Modelo 3 do IRS.

Ou seja, ao preencherem a declaração de Rendimentos referente a 2019, não têm de declarar o IBAN da conta Revolut.

Mas atenção. Caso tenham investido na plataforma de trading da empresa e recebido mais-valias da venda de títulos ou dividendos, então aí devem comunicar esses dados na declaração de rendimentos.

É que estes lucros poderão estar sujeitos a tributação de acordo com as regras de impostos nacionais, sendo da responsabilidade de cada cliente compreender a forma como tem de os declarar e efetuar o respetivo pagamento de impostos.

O suporte da conhecida fintech não presta esclarecimentos relativamente a questões fiscais.

Recorde-se que a entrega do IRS em 2020, referente aos rendimentos de 2019, é feita até 30 de junho de 2020, independentemente da categoria de rendimentos do contribuinte.

- Publicidade -

Sigam-nos

12,931FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
656SeguidoresSeguir

Relacionados

- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Crítica – One Night In Miami

One Night in Miami conta com um dos melhores elencos de 2020. Uma obra magnífica de filmmaking e storytelling.

RPGs e o futuro das opções românticas

Uma das características de destaque dos RPGs (role playing games) é a capacidade de se fazer o que quisermos, até mesmo encontrar o amor.