O museu mais divertido de Lisboa ganha versão pop-up no Centro Colombo

Até ao final do ano.

- Publicidade -

Até 31 de dezembro, o Centro Colombo apresenta uma espécie de museu pop-up com mais de 37 obras do Museu Bordalo Pinheiro, conhecido como o museu mais divertido de Lisboa. Os visitantes do centro podem conhecer as obras de Rafael Bordalo Pinheiro numa exposição cujas obras mudam a cada mês, sendo apresentadas as várias facetas criativas de Rafael Bordalo Pinheiro (1846-1905), o genial artista e criador do Zé Povinho.

São seis as mostras com obras do Museu Bordalo Pinheiro apresentadas, até ao final do ano, numa montra do Piso 1, na Praça Central, junto ao Colomboland.

Neste mês de julho, o museu pop-up apresenta peças de cerâmica do Bordalo, estando atualmente patente a exposição Bordalo Ceramista: a Natureza e a Terra. Agosto mantém a cerâmica, mas com inspiração no mar, e, em setembro, o tema é a ilustração e o teatro.

No mês de outubro, o foco é a escultura do artista e depois, em novembro, pode-se conhecer a vertente de desenhador e humorista.

Finalmente no último mês do ano, a exposição termina com peças do Bordalo Decorador.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

Relacionados

Mi Store do Centro Comercial Colombo inaugurada a 15 de setembro

O evento de inauguração poderá ser acompanhado via streaming.

Centro Colombo já tem cacifos inteligentes para recolher compras online

A solução surge por parte da startup portuguesa Bloq.it.

The Hood. O primeiro anti-centro comercial de Portugal vai ter lojas e restaurantes pop-up

O espaço contará, para já, com um contentor e dois autocarros que vão acolher as primeiras marcas.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Governo já emitiu seis milhões de vouchers para manuais escolares gratuitos

E atenção que o levantamento dos manuais é feito em locais diferentes consoante sejam novos ou reutilizados.

Shawn Mendes regressa a Portugal em 2022

King Princess junta-se ao músico para assegurar a primeira parte do espetáculo.