Muse lançam nova edição do icónico Origin of Symmetry com áudio remisturado e remasterizado

- Publicidade -

Tudo para comemorar o 20º aniversário do disco.

Fãs de Muse, juntem-se. Os britânicos acabam de anunciar o lançamento de Origin Of Symmetry: XX Anniversary RemiXX, uma nova edição do icónico disco que vai chegar ao mercado com áudio remisturado e remasterizado e novas ilustrações.

Com a aproximação do aniversário do álbum, os Muse pediram ao produtor Rich Costey, que produziu ou misturou material de quase todos os discos que se seguiram a Origin Of Symmetry, que revisitasse as gravações originais do álbum. Embora na generalidade dos casos em que há uma remistura de um álbum se procure trabalhar o material original de forma radical ou passar para um género totalmente diferente, no caso de Origin Of Symmetry a banda e Costey pretenderam, pelo contrário, oferecer uma nitidez renovada, com um som mais aberto e dinâmico e menos condensado.

Esta opção levou a que certas partes e ideias enterradas ou abafadas nas misturas originais, tais como o som de um cravo em “Micro Cuts” ou as cordas em “Citizen Erased”, “Megalomania” e “Space Dementia”, ganhassem uma clareza e luminosidade que antes não tinham.

E foi exatamente isto que aconteceu. Desde o visceral solo inicial de “New Born” até à melancolia cinemática da última faixa, “Megalomania”, passando pela abrangência espantosa de “Citizen Erased”, um dos temas preferidos dos fãs, a remistura desvenda todas as facetas da complexa produção do álbum e oferece um som novo e quente, com a colaboração de Alex Wharton, dos Abbey Road Studios.

O Origin of Symmetry: XX Anniversary RemiXX tem uma nova faixa, “Futurism”. Incluída no alinhamento da edição japonesa como faixa bónus, foi mais tarde acrescentada ao alinhamento do álbum nos serviços de streaming. “Futurism” acrescenta uma explosão de energia que faz a ponte entre “Feeling Good” e “Megalomania”, refletindo a sua inclusão na caixa Origin of Muse, de 2019.

Origin of Symmetry: XX Anniversary RemiXX inclui ilustrações novas e modernizadas da capa do álbum, da autoria de Sujin Kim, que criou uma versão 3D hiper-realista do desenho original de William Eager.

Alinhamento:

Lado M
1. New Born
2. Bliss

Lado U
3. Space Dementia
4. Hyper Music
5. Plug In Baby

Lado S
6. Citizen Erased
7. Micro Cuts
8. Screenager
9. Darkshines

Lado E
10. Feeling Good
11. Futurism
12. Megalomania

O disco Origin of Symmetry: XX Anniversary RemiXX será lançado em formato digital a 18 de junho. Depois, a 9 de julho, esta edição é disponibilizada em vinil.

- Publicidade -

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Parceiros

- Publicidade -

Relacionados

A vitória dos Muse no regresso do Rock in Rio Lisboa

Passaram 74 mil pessoas pelo recinto do Parque da Bela Vista.

Muse substituem Foo Fighters no Rock in Rio Lisboa 2022

Digam olá aos novos cabeças de cartaz do dia 18 de junho.

Novo álbum dos Muse chama-se Will Of The People e sai este verão

Podem, desde já, ouvir o single "Compliance" e fazer a pré-reserva do álbum.

Muse em Algés: Maiores que nunca, mas será que isso é bom?

Passavam poucos minutos após o término do concerto de Miles Kane quando, no potente sistema de PA, se ouvia...
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Festival Internacional de Balões de Ar Quente pela primeira vez em Oeiras

O evento acontecerá já no próximo mês de setembro.

Lost Epic – Simples, mas Eficaz

Lost Epic não traz grandes ambições de se destacar no género, mas sim dar aos jogadores uma experiência sólida e quase sempre interessante.

Frogun – Agora é a vez dos fãs

Frogun é um simpático jogo de plataformas que peca ao apostar numa longevidade que revela progressivamente os seus maiores defeitos.